Amazonas Notícias

Banca do Largo realiza lançamento do livro ‘Aos pés de Francisco’, nesta sexta-feira

Obra da poetisa carioca Ednize Judite reúne 60 poemas sobre as relações humanas

A cena cultural de Manaus está movimentada em janeiro e, para começar as atividades no Largo de São Sebastião em 2018, a Banca do Largo realiza, nesta sexta-feira (5/1), às 18h, o lançamento do livro “Aos pés de Francisco”, da poetisa carioca Ednize Judite.

A obra é uma coletânea que reúne 60 poemas sobre as relações humanas. Está organizada em três partes: “De Franciscos”, “Um cisco em mim” e “Um cisco em nós”, cada uma composta por 20 poemas, alguns acompanhados pelas xilogravuras de Erivado Ferreira. De acordo com a autora, o livro é uma declaração de amor à vida e às relações humanas.

“Ninguém melhor do que Francisco de Assis para simbolizar esse amor. Cada texto é o resultado de muitos encontros e de um mergulho em tudo o que nos habita: luz e sombra. Lado a lado, alegria, tristeza, raiva e doçura se apresentam e me desnudam”, comenta Ednize. “Os textos são um mergulho profundo em nossa humanidade proporcionada pelo encontro que tive com Francisco”. Esse “encontro” aconteceu em 2014 quando, em viagem a Itália, Ednize conheceu a cidade de Assis, onde está localizada a Basílica de São Francisco.

“Foi um processo de autodescoberta, um olhar para dentro. O que mais me encantou na vida de Francisco foi disponibilidade para o outro. Como eu sempre escrevia sobre tudo o que me afetava – as relações, o espaço, os ambientes –, essa viagem me fez repensar e resolvi reunir esses textos e compartilhar. Afinal, são vivências humanas, comuns a todos, as pessoas vão se identificar. Isso é gratificante”, comenta.

Relação com Manaus – Ednize é carioca, mas morou em Manaus durante seis anos. Na capital amazonense, a professora de Língua Portuguesa e Literatura, fez mestrado em Educação pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e trabalhou no Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (Igha).

“Tenho uma imensa gratidão por Manaus. Aqui cresci profissionalmente e fiz grandes amigos. Toda vez que venho a Manaus é como se eu nutrisse parte da minha alma”, pontua.

#Manaus

Relacioandos