Wilker Barreto, presidente da Câmara Municipal de Manaus (CMM) na Banda do Jaraqui, ao lado de Paulo Onofre.

Acredito que essa será a forma de os atores envolvidos no processo se organizarem e de forma ágil darem andamento nos documentos necessários para a realização do evento.

Este ano o Poder Público criou várias exigências para autorizar as bandas de carnaval de rua. Foram várias idas e vindas peregrinando pelas secretarias do município, do estado e demais órgãos. Em um determinado momento, as exigências de documentos eram tantas, que pensei que as dificuldades criadas eram para dificultar um número excessivo de bandas de carnaval em Manaus.

Foi ai que pensei: ‘porque não criarmos uma associação como, por exemplo, a Liga das Bandas de Carnaval para trabalhar pelos filiados?’ Assim que terminar o carnaval, vou fazer uma reunião inicial com os responsáveis pelas bandas que receberam apoio do poder público, para discutirmos a viabilidade da implementação da ideia.

Acredito que essa será a forma de os atores envolvidos no processo se organizarem e de forma ágil darem andamento nos documentos necessários para a realização do evento. Então, na qualidade de coordenador da Banda do Jaraqui, vou desencadear o processo de organização das bandas por meio da LIGA INDEPENDENTE DAS BANDAS DE CARNAVAL DE RUA DE MANAUS. (Por: Paulo Onofre).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here