Bebida alcoólica x emagrecimento: álcool atrapalha na dieta

Você não dispensa aquele chopp no fim de semana ou um vinho e drinks com os amigos? Saiba que é preciso moderar e observar bem os acompanhamentos

Durante o processo de emagrecimento, o fígado é o órgão mais exigido do corpo – isso é independentemente do programa alimentar estabelecido pelo seu médico -, pois é nele que várias substâncias se encontram para transformar o alimento, suprir o que for bom e eliminar o que for ruim.

Assim, até a bebida alcoólica que foi ingerida, se tratando de um líquido, vai ajudar a sobrecarregar o fígado, trazendo a sensação de peso e também saliência da barriga – a famosa “barriga de choop”, que muitas vezes traz insatisfação.

A fim de eliminá-la, o indivíduo inicia uma rigorosa dieta, e é no começo que a médica endocrinologista Bruna Manes Laudano, do Instituto Santa Rosa, recomenda a pausa no consumo. Isso porque, segundo ela, as bebidas alcoólicas se originam do açúcar, seja por destilação ou por fermentação – posteriormente são transformadas em carboidratos no intestino.

“Aquela cervejinha ou drinks açucarados, qualquer quantidade de consumo, podem detonar o resultado de suas metas. Dependendo da restrição de calorias determinada na dieta, uma simples dose de álcool atrapalha todo o trabalho de disciplina que você teve em uma semana inteira”, explica.

“Quanto maior o teor alcoólico, maiores são as calorias de cada bebida. Fique atento para não atrapalhar o seu processo”, completa.

Entretanto, para quem já está no processo de emagrecimento, a especialista aconselha a ingestão moderada. “Não trará maiores complicações, isso, claro, se você não estiver fazendo uma dieta para perder peso e já estiver na fase de manutenção”, disse.

Mas não deixe de ficar de olho nos acompanhamentos. “Quando se bebe uma bebida alcoólica, os acompanhamentos costumam ser frituras, sendo mais calóricos ou sempre com torradinhas e pães que somarão ao álcool e tornaram tudo mais calórico e com mais carboidratos simples. O que vai te propiciar a ganhar peso depois do final de semana e toda segunda você estará recomeçando seu projeto de emagrecer”, finalizou.

Sobre Bruna Manes

Formada em medicina a exemplo do pai, a doutora Bruna Manes atua em duas clínicas – em Volta Redonda (RJ), cidade onde mora com o marido e outra no bairro Leblon, no Rio de Janeiro – nos dois espaços ela oferece tratamento para a obesidade, reposição hormonal de mulheres na menopausa e homens na andropausa, hipertrofia de pacientes que desejam o aumento de massa muscular, além de vários outros procedimentos com protocolos injetáveis, como reposição de vitaminas, hormônios, tratamento para doenças autoimunes, entre outros.

Foto: Arquivo Pessoal