27.3 C
Manaus
sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Boi Garantido recebe instrumentos para atividades da Universidade do Folclore Paulinho Faria

Depois de vários anos paradas, aulas recomeçam em Março para e crianças e jovens da comunidade parintinense

O Boi Garantido recebeu, nesta quinta-feira (18), 45 instrumentos musicais que serão utilizados nas aulas da Universidade do Folclore Paulinho Faria (UFPF), que será reativado pela diretoria da associação cultural. São surdos, caixinhas, repiques, ganzás (xeques) e violões obtidos pela parceria entre Governo do Estado do Amazonas, Conselho Estadual de Cultura, Secretaria de Cultura e Economia Criativa e do Governo Federal.

A diretora da Universidade, professora Irlany Ramos, explicou que o pedido foi atendido através do Edital n° 08/2023 da Lei Paulo Gustavo, no chamamento público de fomento a cultura popular, na modalidade Folclore.

O projeto “Iniciação musical de violão e percussão: crianças e adolescentes narram e cantam os valores sociais e culturais do folclore do Boi Bumbá Garantido no Centro Educacional Universidade do Folclore Paulinho Faria” tem como base de ensino as toadas dos diversos segmentos de apresentação do boi Garantido no Bumbódromo, como por exemplo, evolução do boi, lendas amazônicas e de galera.

A diretora da Universidade do Folclore, comenta sobre o recebimento dos instrumentos. “Esses materiais são fruto de um trabalho que vem sendo realizado desde outubro do ano passado, juntamente com a nossa equipe de projetos. É uma satisfação imensa estar vivendo esse momento que nós sonhamos juntos e vamos agora poder realizar, e proporcionar educação para nossas crianças e adolescentes através da música e da percussão”, disse a professora Irlany.

O diretor musical do Boi Garantido, Alder Oliveira, lembrou que o retorno das atividades da UFP é um pedido dos sócios, já que estão suspensas há mais de quatro anos, e que foi incluído entre as promessas de campanha do então candidato a presidente do Garantido, Fred Góes. “O retorno da Universidade do Folclore já era um clamor dos nossos sócios e foi um dos pedidos que nosso presidente Fred Góes e nosso vice presidente Marialvo Brandão fazem questão de atender. A retomada da Universidade do Folclore também era um dos projetos da diretoria, desde a campanha, que hoje começa a ser executado. Nós estamos muito felizes por poder resgatar a Universidade do Folclore e atender a nossa comunidade vermelha e branca”, afirmou o diretor.

As oficinas e atividades acontecerão de março a junho de 2024. Ao todo, serão ofertadas 100 vagas para atividades artísticas culturais, socioeducacionais e inclusivas, para crianças e adolescentes de 12 a 17 anos. Dez por cento das das vagas serão destinadas a PCDS (pessoas com deficiência). O público-alvo são os filhos de sócios e comunitários interessados em juntar-se pelo compromisso de garantir inteligência e agilidade emocional através da música e percussão, às futuras gerações no município de Parintins.

Assessoria de Comunicação Boi Bumbá Garantido
Fotos: Tom Ribeiro

spot_img