As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Bolsas da China fecham em baixa, mas perdas são limitadas

Investidores querem medidas de estímulo

Gov-02

Os índices acionários da China fecharam em baixa nesta quinta-feira (19), mas as perdas foram limitadas uma vez que investidores esperam mais medidas de estímulo das autoridades para proteger a segunda maior economia do mundo do impacto do coronavírus.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 1,3%, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,98%.

Ambos os índices chegaram a cair mais de 3% no início do pregão, somando-se às perdas globais porque medidas de bancos centrais na Europa, Estados Unidos e Austrália falharam em acabar com a onda de vendas de pânico.

A relativa força de curto prazo no mercado de ações deve-se principalmente a melhores condições de liquidez, com os participantes do mercado tendo expectativas de suporte por Pequim, disse Song Jin, analista do Nomura Orient International Securities.

. Em Tóquio, o índice Nikkei recuou 1,04%, a 16.552 pontos.

. Em Hong Kong, o índice Hang Seng caiu 2,61%, a 21.709 pontos.

. Em Xangai, o índice Ssec perdeu 0,98%, a 2.702 pontos.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, retrocedeu 1,30%, a 3.589 pontos.

. Em Seul, o índice Kospi teve desvalorização de 8,39%, a 1.457 pontos.

. Em Taiwan, o índice Taiex registrou baixa de 5,83%, a 86.681 pontos.

. Em Singapura, o índice Straits Times desvalorizou-se 4,73%, a 2.311 pontos.

. Em Sydey, o índice S&P/ASX 200 recuou 3,44%, a 4.782 pontos.

Por Luoyan Liu e Andrew Galbraith – Xangai