Foto - Reprodução Jovem Pan

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou nesta quarta-feira (14), pelas redes sociais, que o diplomata Ernesto Araújo será o novo ministro das Relações Exteriores.

No Twitter, Bolsonaro escreveu que Araújo é diplomata de carreira há 29 anos e um “brilhante intelectual”. Em entrevista coletiva, o presidente eleito afirmou que a escolha foi feita para incrementar os negócios no mundo todo.

Vale lembrar que, durante toda a campanha eleitoral, Jair Bolsonaro repetiu inúmeras vezes que buscaria manter relações com outros países “sem viés ideológico”.

Ao lado de Bolsonaro, em Brasília, Ernesto Araújo declarou a jornalistas que à frente do Itamaraty fará uma política “efetiva em função do interesse nacional”, tornando o Brasil um país “próspero” e “feliz”. O diplomata é o sétimo nome já confirmado pelo presidente eleito.

Além de Ernesto Araújo nas Relações Exteriores, o futuro governo já anunciou o economista Paulo Guedes para o ministério da Economia; o astronauta Marcos Pontes para o ministério da Ciência e Tecnologia, além da deputada Tereza Cristina para a Agricultura. O juiz Sérgio Moro ocupará o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública; o general Augusto Heleno será o ministro da Segurança Institucional, enquanto a Defesa ficará sob o comando do general Fernando Azevedo e Silva.

Com colaboração de Juliana Gonçalves, reportagem Thiago Marcolini

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here