Bolsonaro dispara contra Lula: “Qual vai ser o futuro nosso se esse bandido for eleito?”

Na manhã desta terça-feira (13), o presidente Jair Bolsonaro disse que o ex-presidiário Lula (PT) age contra “o movimento de liberdade” em Cuba. No último fim de semana, milhares de cubanos foram protestar contra a situação do país e contra a ditadura comunista de Miguel Mario Díaz-Canel Bermúdez.

Em conversa com apoiadores na saída do Alvorada, Bolsonaro começou criticando o programa Mais Médicos, que contava com um contingente de médicos cubanos e que sofreu cortes desde o início de 2019.

“Tinham uns 15 mil aqui no Brasil recebendo 20% do salário, devolvendo 80% para o governo cubano. Ninguém falava nada aqui, só eu falava. Tanto é que quando eu fui eleito, eles já foram embora antes de eu assumir. Era uma farsa a medicina cubana aqui, era pra dar dinheiro para a ditadura cubana”, acusou o mandatário.

Na sequência, ele criticou a postura de Lula torno dos protestos.

“Vocês podem ver, eu apoio lá o movimento do pessoal que pede liberdade. Agora, o que o Lula acha do que tá acontecendo em Cuba? Ele tá contra o movimento de liberdade pra Cuba. E tem gente que apoia esse cara pra ser presidente do Brasil. Qual vai ser o futuro nosso se esse bandido for eleito presidente da República?”. Por Gazeta Brasil