Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Bolsonaro e Wilson Lima inauguram segunda fase do maior Centro de Convenções da região Norte

Estrutura vai impulsionar segmentos turísticos e credenciar Amazonas para receber eventos de grande porte

O governador do Amazonas, Wilson Lima, e o presidente da República, Jair Bolsonaro, entregaram a segunda etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV), localizado no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, nesta sexta-feira (23/04). A obra é uma parceria entre a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e o Ministério do Turismo (Mtur).

Logo que chegaram ao novo CCAVV, antes da cerimônia, Bolsonaro e Wilson Lima se reuniram com líderes religiosos evangélicos, prefeitos e parlamentares do Amazonas.

O governador destacou a importância da estrutura para o mercado de eventos no estado. “Nós estamos entregando uma grande obra juntamente com o Governo Federal. Era uma obra que estava parada quando eu assumi o Governo, em 2019. É uma obra que vai comportar, incluindo a primeira etapa, aproximadamente 10 mil visitantes e sediar vários eventos ao mesmo tempo. É o maior complexo para realização de convenções do Norte do Brasil”, disse o governador.

A expectativa é que, assim que as autoridades sanitárias permitirem a realização de grandes eventos, a estrutura entre em operação, aquecendo o mercado e credenciando o Amazonas a receber eventos de grande porte, inclusive internacionais. “É um marco para o Estado do Amazonas esse espaço que está sendo inaugurado, e a gente já está se preparando para esse momento de retomada das atividades econômicas no estado”, destacou Wilson Lima.

Na solenidade, Bolsonaro agradeceu o ministro do Turismo, Gilson Machado, e o investimento da Caixa Econômica Federal para a construção do CCAVV, pela importância do espaço para a atividade turística.

Em seu pronunciamento, o ministro do Turismo elogiou os atrativos turísticos do Amazonas. “Nada é igual a uma experiência em turismo como o estado do Amazonas, que oferece pesca esportiva, contemplação da natureza, ecoturismo e turismo gastronômico. Realmente, somos diferenciados”, disse Gilson Machado. Ele destacou a parceria entre o Estado e Governo Federal para a conclusão das obras do Centro de Convenções, que estavam paradas.

Estrutura – O prédio terá quatro pavimentos, totalizando 14.300m², e será destinado a feiras e exposições. Dispõe de três salões para exposições, 12 elevadores sociais, dois de serviço e um de carga, o qual deve ampliar o leque de opções de mostras e eventos. O de carga é o maior das regiões Norte e Nordeste, e pode transportar embarcações e carros, por exemplo. Por evento, o novo CCAVV comportará 6 mil pessoas e será interligado ao CCAVV 1, que atende 4 mil pessoas.

As obras da segunda fase começaram em 2015, com o orçamento global de R$ 40.224.174,82, com recursos dos Governos Federal e do Amazonas. Porém, em 2019, quando o governador Wilson Lima assumiu, apenas 14% do total havia sido executado. Desse montante, R$ 224.174,28 são recursos próprios do Governo do Estado.

“É um centro que vai realmente aquecer o turismo local. A ideia é trazer grandes eventos para que o centro consiga receber esses eventos internacionais, nacionais. Isso aquece toda a economia e todas as atividades relacionadas ao turismo, movimenta a cadeia de hotéis, de bares, de restaurantes, de passeios, de turismo de natureza, enfim, é uma obra que nos deixa aqui muito orgulhosos por ser aqui em Manaus e esperançosos de que dias melhores com essa retomada das atividades virão”, disse o presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho.

Centro de Convenções – O CCAVV foi construído em local estratégico, ao lado de equipamentos da cultura e do esporte – Centro de Convenções Prof. Gilberto Mestrinho – Sambódromo de Manaus, Arena da Amazônia Vivaldo Lima e Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira.

Segundo o ministro, o Amazonas reúne todas as condições de se tornar um dos principais destinos nacionais no pós-pandemia, já que o turismo de natureza, aliado aos segmentos de negócios e eventos, é a grande tendência para a retomada das atividades, sendo um segmento gerador de emprego.

Conforme a Pesquisa de Demanda Internacional do MTur, o turismo de negócios foi o segundo principal motivo da vinda de estrangeiros ao Brasil em 2019. Do número total, 15,4% visitaram o país com esta finalidade e fizeram gastos diários per capita de US$ 77,39.

Cestas – Ainda no CCAVV, o presidente da República participou da entrega simbólica de cestas de alimentos, por meio do Ministério da Cidadania.

O Governo Federal vai distribuir mais de 270 mil cestas de alimentos para garantir a segurança alimentar da população do Amazonas. A ação faz parte da Iniciativa Brasil Fraterno, que atende famílias vulneráveis nos municípios mais afetados pelos efeitos econômicos e sociais da pandemia do novo coronavírus.

A entrega vai chegar a aproximadamente 121 mil famílias de comunidades tradicionais, entre indígenas, quilombolas, pescadores e extrativistas do estado. Serão beneficiadas 53.480 mil famílias de indígenas serão atendidas, além de 61.656 famílias de pescadores, 4.653 famílias de extrativistas e 829 famílias de quilombolas.

FOTO: Diego Peres/Secom e Lucas Silva/Secom

-publicidade-