Bolsonaro recebe alta e deixa hospital de São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta médica neste domingo (18), após cinco dias de internação. Ele tratava um quadro de obstrução intestinal no Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, e vinha apresentando melhora gradativa desde a última quinta-feira. Ainda de acordo com a nota divulgada pela assessoria, Bolsonaro seguirá com acompanhamento ambulatorial da equipe médica assistente.

O presidente saiu pela porta da frente do hospital, pouco antes das 10h. Antes de seguir para o aeroporto de Congonhas, o presidente conversou por meia-hora com a imprensa, e voltou a criticar medidas de isolamento contra a covid-19, citando um novo medicamento que, segundo ele, pode ser um novo tipo de tratamento para a doença, além de voltar a defender o voto impresso.

Bolsonaro deixou o hospital pouco antes das 10h e parou para falar com a imprensa. “Comecei a passar mal depois de uma cirurgia de implante. E realmente é complicado saber a origem disso. Alguns dias depois agravou a crise de soluço, e parecia que estava pegando fogo o estômago. A causa disso era uma obstrução intestinal, porque a aderência é comum em quem já sofreu cirurgia, como eu sofri, após a facada do ex-psolista Adélio lá em Juiz de Fora”, disse.

As informações são de Brenda Zacharias do Estadão