Take a fresh look at your lifestyle.

Bolsonaro veta uso de dados dos celulares para monitorar isolamento social

-publicidade-

O ministro de Ciência, Tecnologia e Comunicações, Marcos Pontes, disse nesta segunda-feira (13) em uma rede social que, a pedido do presidente Jair Bolsonaro, o governo federal decidiu adiar o uso de dados de celulares para monitorar o distanciamento social em meio à pandemia do novo coronavírus.

No sábado (11), Bolsonaro ligou para Pontes mandando suspender tudo. Segundo o ministro, Bolsonaro alegou que há riscos para a privacidade do cidadão e que a presidência precisa estudar melhor o tema, apesar de um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU) aprovar o uso da ferramenta proposta pelas teles, uma solução semelhante à que foi adotada pela Coreia do Sul, um dos países com menores taxas de mortalidade pela Covid-19.

“Após avaliação da equipe e com base no precedente internacional, gravei vídeo sobre a ferramenta a ser implementada. […] Um dia depois, sábado, o presidente me ligou e solicitou prudência com esta iniciativa e que a ferramenta só fosse usada após análises extras pelo governo. Assim, determinei que o vídeo e outros posts fossem retirados das redes sociais até o término das análises extras e aprovação final do governo”, escreveu Marcos Pontes. Por Gazeta Brasil

-publicidade-