25.3 C
Manaus
segunda-feira, fevereiro 26, 2024

Brasil enfrenta aumento de casos de Dengue, Chikungunya e Zika

Início do Período de Chuvas Intensifica Alerta para Arboviroses

Com a chegada das chuvas e do calor, o Brasil se depara com um aumento preocupante nos casos de dengue, chikungunya e Zika. O mosquito Aedes aegypti, principal vetor dessas doenças, encontra neste período um ambiente favorável para sua proliferação. Este fato ressalta a importância de medidas eficazes de combate e prevenção.

Dados Alarmantes Sobre a Dengue

Entre julho de 2023 e janeiro de 2024, o país registrou um aumento de 17,6% nos casos de dengue em comparação com o ano anterior, totalizando 370,205 casos prováveis, segundo o Ministério da Saúde. Isso representa cerca de 182 casos a cada 100 mil habitantes, com as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul sendo as mais afetadas.

Estratégias de Combate e Prevenção

O médico infectologista Werciley Júnior enfatiza a necessidade de um conjunto de ações para efetivamente combater a dengue. Estas incluem vacinação, prevenção de criadouros de mosquitos, uso de repelentes, e diagnóstico precoce e intervenção rápida em comunidades com aumento de casos.

Medidas Simples de Grande Impacto

O Ministério da Saúde recomenda a adoção de medidas simples no dia a dia, como evitar água parada, cobrir tanques e reservatórios, e manejar adequadamente o lixo, para reduzir os criadouros do mosquito.

Relato Pessoal: Prevenção na Prática

Felipe Oliveira, empresário de Brasília, compartilha as medidas que tem adotado em sua casa para prevenir a dengue, incluindo cuidados com vasos de plantas e calhas.

Identificação dos Sintomas

Os sintomas da dengue, como febre, dor no corpo, dor acima dos olhos e prostração, são destacados pelo infectologista Werciley Júnior. A busca por assistência médica e a hidratação são essenciais no tratamento.

Decretos de Emergência

Minas Gerais, o Distrito Federal e o Acre declararam situação de emergência devido ao aumento dos casos de dengue. Estes decretos permitem acelerar processos para aquisição de insumos e contratação de serviços para tratamento e combate à doença.

Vacinação contra a Dengue

Com a aprovação da vacina Dengue QDenga pela ANVISA em 2023, uma nova frente de prevenção é aberta. A vacinação, que começará em fevereiro de 2024, focará inicialmente em crianças e adolescentes de 10 a 14 anos em 521 municípios brasileiros.

spot_img