Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Calendário de vacinação de trabalhadores da Educação em Mansus se concluído nesta terça-feira (25)

A Prefeitura de Manaus conclui, nesta terça-feira (25), o calendário de imunização dos trabalhadores da Educação, com a vacinação dos profissionais do ensino superior. O atendimento dessa categoria teve início no último dia 19 e até as 16h desta segunda-feira, 24/5, 21,3 mil pessoas já haviam recebido a primeira dose da vacina, contando com os profissionais da educação básica da rede particular, que na mesma data foram vacinados. Dessa forma, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) cumpre o prazo estipulado pelo prefeito David Almeida, de vacinar esses dois grupos em cinco dias.

“Vamos concluir a programação que fizemos para atender, de forma escalonada, os grupos de educação básica e ensino superior, exatamente no prazo sugerido pelo prefeito, com base em nossa capacidade de atendimento. Nos últimos cinco dias, nossa média diária tem sido de mais de 10 mil pessoas vacinadas. Mas, mesmo com o encerramento do calendário, vamos continuar recebendo os remanescentes destes e de outros grupos prioritários que ainda não tenham recebido a primeira dose”, assegura a secretária titular da Semsa, Shádia Fraxe.

A secretária destaca a importância do cadastro na plataforma Imuniza Manaus, para que o atendimento seja agilizado. “A prefeitura disponibiliza esse serviço exatamente para que não haja demora. No cadastro prévio, as informações pessoais já entram no sistema e, no ponto de vacinação, basta apresentar um documento de identidade com foto, juntamente com algum outro que comprove se enquadrar no grupo indicado”, orienta.

A professora Poliana Otano, 22 anos, foi ao ponto de vacinação montado no Centro de Convenções, o sambódromo, zona Oeste. “Fiquei muito feliz com a notícia de que seríamos vacinados hoje. Estamos nessa pandemia há mais de um ano e a nossa esperança é a vacina”, disse.

Jozimara de Souza Farias, coordenadora pedagógica em uma escola no bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, também foi ao sambódromo para ser imunizada. “Essa vacina é uma esperança para nós. Espero que em breve outras pessoas também tenham acesso a ela. Infelizmente muita gente morreu por causa dessa doença, sem ter tido a chance de se vacinar. Nós, que trabalhamos com crianças, temos que procurar a imunização para que nossos alunos estejam mais protegidos. Agora posso ficar um pouco mais tranquila para voltar ao trabalho. É a primeira dose, mas já é uma segurança”, apontou.

Outros grupos

A Semsa segue vacinando os remanescentes de outros grupos. Com a primeira dose, os trabalhadores da Educação do ensino básico das redes municipal e estadual; pessoas com deficiência permanente de 18 a 59 anos; gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias do pós-parto), com comorbidades; e trabalhadores da saúde. Estão recebendo a segunda dose os idosos de 60 anos e mais e pessoas de 18 a 59 anos com comorbidades.

Locais de vacinação – 9h às 16h

Zona Norte

Centro Estadual de Convivência da Família Padre Pedro Vignola

Rua Gandu, 119, Cidade Nova

Supermercado Coema

Av. Torquato Tapajós, 5.890, Novo Israel

Zona Sul e Centro-Sul

Centro Cultural dos Povos da Amazônia

Avenida Silves, 2.222, Crespo

Universidade Paulista (Unip)

Avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490, Parque 10 de Novembro

Zona Leste

Clube do Trabalhador do Sesi – AM

Avenida Cosme Ferreira, 7.399, São José 1

Zona Oeste

Balneário do Sesc – AM

Avenida Constantinopla, 288, conjunto Campos Elíseos, Planalto

Centro de Convenções de Manaus (sambódromo)

Avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro, zona Oeste.

Texto – Sandra Monteiro / Semsa
Foto – Altemar Alcântara / Semcom

-publicidade-