As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Campanha de negociação facilita quitação de débitos de usuários da Cosama

A campanha “Cosama na sua porta – Facilitando sua vida”, realizada pela Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e iniciada no último dia 7 de outubro, tem envolvido moradores dos 12 municípios em que atua e facilitado o pagamento de débitos dos usuários.

O objetivo da ação é permitir aos usuários que possuem contas em atraso ou qualquer outro débito com a Cosama realizar seus pagamentos de forma mais confortável, sem a necessidade de sair de casa para ter dúvidas esclarecidas.

“Formamos uma equipe capacitada para realizar as visitas técnicas nos imóveis, priorizando os usuários com pendências, após análise no sistema. Nossa metodologia é estabelecer um diálogo amigável para que sejam solucionados quaisquer tipos de problema e dúvidas a respeito da campanha”, ressalta o gerente comercial, Denison Gama.

Visitas – As equipes têm realizado as visitas no período da manhã e da tarde, levando condições de pagamento como descontos de até 100% à vista ou o parcelamento da dívida em até 24 vezes. O gerente do escritório em Carauari, Carlos Alberto, afirma que todos estão recebendo a campanha positivamente.

“Estamos visitado os clientes e tentado negociar da melhor forma possível. Porém, ainda alertamos aos demais que, se quiserem nos receber com antecedência, basta nos acionar na própria agência, que a equipe logo se deslocará para atendê-lo em casa”, enfatizou Carlos.

O vendedor Robson Araújo, que já aderiu às facilidades da campanha, também estimulou os vizinhos a fazer o mesmo. “Eu cheguei a ser notificado, mas logo em seguida eu recebi a equipe da Cosama na minha casa e já consegui parcelar a minha dívida. Agora minha água não será mais cortada, pois vou pagar direitinho”.

Quitação de débitos – A Cosama reforça ainda a importância da campanha para a população, levando em consideração que aqueles usuários que apresentam inadimplência do pagamento de contas a partir de três meses consecutivos serão notificados via documento formal e, persistindo a inadimplência, podem ter o fornecimento do serviço de água interrompido.

FOTO: Divulgação/Cosama

você pode gostar também