Take a fresh look at your lifestyle.

Campanha de vacinação contra o HPV começa nesta terça-feira, com meta de alcançar 120,1 mil meninas em todo o Estado

-publicidade-

A Campanha de Vacinação contra o HPV começa nesta terça-feira, 10 de março, em todo o Amazonas. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, o Governo do Estado tem a meta de vacinar 120,1 mil meninas na faixa etária de 9 a 11 anos, durante esta ação.

“Já fizemos a distribuição das doses da vacina recebidas do Ministério da Saúde para todos os 62 municípios. Recomendamos o total empenho das secretarias municipais de saúde para que busquem a ampla cobertura vacinal”, frisou Alecrim.

O HPV (Papilomavírus Humano) está associado à maioria dos casos de câncer de colo de útero e o objetivo da campanha é proteger as jovens contra essa doença, que tem grande incidência no País. A principal forma de transmissão do vírus é por via sexual, mas também pode ser transmitido durante o parto. Além do câncer de colo de útero, o HPV também está relacionado a casos de câncer de boca e garganta.

Três doses – Alecrim destaca que o esquema de imunização contra o HPV é composto de três doses da vacina. As meninas que serão vacinadas agora devem receber a segunda dose daqui a seis meses, em setembro, portanto. A terceira dose acontece cinco anos após a primeira dose.

“É muito importante que estes prazos sejam observados e que as meninas completem o esquema vacinal, para que fiquem realmente protegidas contra o vírus”, destacou o secretário.

Escolas e UBS – A Susam recomendou que a campanha, a exemplo dos anos anteriores, seja realizada prioritariamente no âmbito das escolas, para garantir maior alcance da ação. “Mas cada Secretaria Municipal de Saúde deve adotar a estratégia que for mais eficaz, conforme sua realidade, para o cumprimento da meta de imunizar, pelo menos, 80% da população-alvo”, frisou Alecrim.

Em Manaus, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), a campanha contra o HPV estará acontecendo em 171 Unidades Básicas de Saúde da rede municipal, que possuem sala de vacina.

Neste ano, além das meninas de 9 a 11 anos, a campanha também vai alcançar as mulheres de 9 a 26 anos vivendo com a HIV. Neste caso, a vacinação será feita mediante indicação médica e estará disponível nos Serviços de Acompanhamento Especializado em HIV/Aids (SAES) que funcionam na Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e nas Policlínicas Monte das Oliveiras (zona Norte), Antônio Reis (zona Sul), Comte Telles (zona Leste) e Raimundo Franco de Sá (zona Oeste). A Semsa disponibilizou o [email protected] para informações.

Pioneirismo – O câncer de colo de útero ainda tem uma incidência alta no Amazonas. Por isso, antes mesmo que o Ministério da Saúde incluísse a vacinação contra o HPV no Programa Nacional de Imunização, o Governo do Estado, de forma pioneira no País, instituiu, em 2010, um programa de imunização para vacinar contra o vírus as meninas de 11 a 13 anos. No ano passado, com a introdução da vacina no SUS, os dois programas se fundiram.

Campanha da gripe – A próxima campanha de imunização deste ano será contra a gripe. A vacinação dos grupos prioritários – os quais ainda não foram divulgados pelo Ministério da Saúde – começa no dia 25 de abril e deve se estender até 15 de maio. No ano passado, os grupos definidos pelo Ministério para receber a vacina foram os idosos a partir de 60 anos, grávidas, mulheres no pós-parto, doentes crônicos, indígenas, crianças de 6 meses a menores de 5 anos e trabalhadores da saúde.

-publicidade-