Take a fresh look at your lifestyle.

Canal de doações da Aliança Covid Amazonas apoia populações ribeirinhas contra pandemia

-publicidade-

O Amazonas vive uma crise sem precedentes com o avanço dos casos da Covid-19, voltando a registrar recordes de hospitalizações e sepultamentos nos últimos dias. Diante do caos sanitário e humanitário enfrentado pelo estado, a Aliança Covid Amazonas está reforçando sua mobilização para minimizar os impactos causados pela nova onda de proliferação do vírus, com o pedido de doações de recursos e materiais.

A gravidade da situação vivenciada pela população amazonense gerou uma corrente nacional de solidariedade, com pedidos de ajuda e doações para Manaus, através das redes sociais, e impulsionou a Aliança a reforçar suas ações de combate às consequências do coronavírus. Um canal de doação exclusivo para essa situação foi criado e doações podem ser feitas pelo PIX 09351359000188 ou via cartão de crédito no link www.kickante.com.br/campanhas/sos-amazonas.

Desde abril do ano passado, a Aliança, coordenada pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS), vem atuando nesse sentido e já beneficiou mais de 350 mil pessoas em todo o estado com o apoio estratégico da Secretaria de Estado do Meio Ambiente do Amazonas (Sema).

Primeiras doações

Nesta semana, a Secretaria de Saúde do município de Iranduba (distante 27 km de Manaus), recebeu mais de 12 mil máscaras descartáveis, mil máscaras de tecido, 100 litros de álcool gel, 100 protetores faciais, mais de 1,5 mil unidades do remédio Azitromicina, mais de 2 mil unidades de paracetamol da Aliança. Já a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) recebeu 15 mil máscaras e 250 protetores faciais.

A Aliança enviou doações também para o município do Rio Preto da Eva (distante 57 km da capital). Foram 600 unidades de paracetamol, 50 garrafas com cinco litros de álcool gel, 196 unidades de álcool líquido de 100 ml, 200 máscaras de tecidos e 1 mil máscaras descartáveis.

O município de Envira (a 1.208 km de Manaus) recebeu 300 cartelas de Azitromicina, 800 unidades de paracetamol, 10 unidades de Enoxaparina Sódica de 400 mg, mais de 2 mil máscaras de tecido e 5 mil máscaras descartáveis. Além disso, na capital, a Associação de Mulheres Indígenas Sateré-Mawé, localizada no bairro da Compensa, recebeu mais de 90 cartelas de Azitromicina e mais de 600 unidades de paracetamol. Todas essas doações são resultado da parceria com o programa “Todos pela Saúde” do banco Itaú, Americanas e Havaianas.

A Aliança também promoveu orientação técnica e capacitação para Agentes Comunitários de Saúde (ACS), em comunidades distantes e/ou isoladas, acolhimento psicológico para esses profissionais e moradores, além da instalação de mais de 100 pontos de telemedicina no Estado.

Aliança Covid Amazonas

O Amazonas foi o primeiro estado a ver seu sistema de saúde entrar em colapso na pandemia do novo coronavírus, em abril de 2020. Para ajudar as populações mais vulneráveis a enfrentar este cenário, a FAS criou a “Aliança dos Povos Indígenas e Populações Tradicionais e Organizações Parceiras do Amazonas para o Enfrentamento do Coronavírus”, articulada em parceria com 112 empresas, prefeituras e instituições.

Até outubro de 2020, essa iniciativa arrecadou 32 milhões de reais em recursos financeiros e 7,9 milhões em equipamentos e materiais. Com esses recursos foi possível fazer doações de medicamentos, Equipamentos de Proteção Individual (EPI), testes rápidos, oxímetros, termômetros, máscaras, medidores de pressão, álcool gel e kits de higiene, remédios, ambulanchas, entre outros.

-publicidade-