A Prefeitura Municipal por meio do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial de Parintins continua com os atendimentos a aproximadamente 1.200 pacientes mensalmente. Atualmente o CAPS ‘’Adolfo Lourido’’ conta com um corpo de funcionários composto por psicólogos, enfermeiros, psiquiatras, assistente social, pedagogo e professor de educação física.

A instituição atende pessoas com transtornos mentais que buscam ser reinseridos na sociedade e qualidade de vida. Diariamente os usuários são acompanhados pelos profissionais do local iniciando com a busca ativa. Levados ao CAPS participam do café da manhã, atividades físicas e oficinas de auto-expressão, terapêuticas, oficinas profissionalizantes e artesanato.

O CAPS além de atender a população parintinense, contribui também com os municípios vizinhos e as comunidades ribeirinhas. Nos últimos dois anos, a busca de pessoas abandonadas nas ruas e andarilhos foi intensificada. Os cidadãos são levados ao CAPS onde recebem higienização além de participar das refeições diárias. A Farmácia que é uma dos principais preocupações da gestão pública municipal está abastecida e não há falta de medicação para aqueles que precisam.

A Coordenadora Joelma Pessoa junto com sua equipe estão a intensificar a visita aos usuários verificando se estão tomando a medicação corretamente, procurando saber o motivo da desistência de alguns a freqüentar o local, com o objetivo de fazer com que não haja nenhum caso grave que leve a internação do usuário, segundo Joelma é um desafio muito grande, pois, além de cuidar do paciente é um trabalho que conta muito com o apoio da família que são os principais responsáveis para o tratamento seja eficaz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here