A equipe de investigação da 65ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Carauari, em ação conjunta com policiais militares, prendeu, em flagrante, nesta segunda-feira (12/08), às 6h30, Francisco Santos de Lima, 44 anos, acusado de matar a ex-companheira dele, Maria da Conceição Silva da Cunha. A vítima tinha 36 anos.

De acordo com o investigador de Polícia, Emerson Bastos, a motivação do crime se deu porque Francisco não aceitava o fim do relacionamento. O homicídio ocorreu na manhã de domingo (11/08), por volta das 9h, em via pública, na rua dos Escoteiros, bairro Ramalhão, naquela cidade.

Segundo Bastos, na ocasião do crime, o infrator estava no bairro onde a vítima morava e a encontrou em via pública, onde a atacou com dois golpes de faca, desferidas nas costas dela, perfurando o pulmão e o coração da mulher, ocasionando o óbito.

“Populares tentaram separar o infrator que estava em cima da vítima, porém, ela já se encontrava morta. Conseguimos a localização de Francisco por meio de denúncias anônimas e, junto com policiais militares, entramos em uma mata e depois de uma hora andando, chegamos a um sítio da família do infrator, situado na comunidade Taquara, onde ele estava se escondendo, e logramos êxito na prisão”, explicou o gestor da 65ª DIP.

Flagrante– Francisco foi autuado por feminicídio. Ele será mantido na carceragem da 65ª DIP, onde irá ficar à disposição da Justiça.

FOTO: Divulgação / PC-AM