Amazonas Notícias

CAS aprova R$ 280 milhões em novos investimentos e tem manifestações de apoio à gestão do novo superintendente

Data: 23/05/2023

Texto: Diego Queiroz

Fotos: Isaac Júnior/Suframa

Sob a presidência do secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Márcio Elias Rosa, o Conselho de Administração da Suframa (CAS) realizou nesta terça-feira (23), por videoconferência, sua 309ª Reunião Ordinária, que resultou na aprovação de uma pauta com 32 projetos industriais, de serviços e agropecuários, sendo nove de implantação e 23 de diversificação e atualização, prevendo investimentos de aproximadamente R$ 280 milhões (US$ 53.8 milhões) e a geração de 638 empregos nos três primeiros anos de operação.

Esta foi a segunda reunião do CAS em 2023 e a primeira com a participação do novo superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, que tomou posse oficialmente no cargo na segunda quinzena de abril. O evento contou também com a participação do vice-governador do Amapá, Antonio Pinheiro Teles Júnior, do vice-prefeito de Boa Vista (RR), Cássio Gomes, e de demais representantes de órgãos governamentais e entidades de classe da área de atuação da Suframa, entre outros.

Além da aprovação dos novos investimentos para a Zona Franca de Manaus, a reunião foi marcada, principalmente, por votos de sucesso e profícua gestão ao novo superintendente da Suframa, Bosco Saraiva, e pelas reiteradas manifestações de apoio e intenção de fortalecimento de parcerias institucionais com a Autarquia.                                                        

Em seu pronunciamento inicial, o secretário-executivo Márcio Elias Rosa informou que o vice-presidente da República e ministro do MDIC, Geraldo Alckmin, não pôde participar do evento por questões de agenda. Na sequência, ele fez questão de destacar a proximidade da assinatura do contrato de gestão entre o MDIC e a Organização Social (OS) que será responsável pela administração do novo Centro de Bionegócios da Amazônia (CBA). “Estamos em festa com a possibilidade de escrever o contrato de gestão do CBA em pouquíssimo tempo, que vai significar uma grande melhoria na prestação de serviços do Centro de Bionegócios da Amazônia e que certamente nos reservará bons resultados em pesquisas, desenvolvimento e inovação com a biodiversidade”, ressaltou Rosa.

Ele também saudou a chegada do superintendente Bosco Saraiva à Suframa e afirmou que o fato trouxe maior entusiasmo ao MDIC por conta do talento e da reconhecida expertise e habilidade política do novo gestor. “Agradeço ao superintendente por ter aceitado esse grande desafio, que é grande porque a boa administração tem sido ao longo do tempo uma característica da Zona Franca de Manaus e não era diferente até recentemente, no entanto, sempre há muito o que ser feito e sempre há oportunidade de fazermos mais e melhor, e o superintendente, para nossa alegria, aceitou essa missão e já vem dando mostras efetivas da sua incalculável habilidade para encontrar soluções para grandes problemas. Então ele terá sempre do MDIC o seu primeiro aliado na resolução de todos os conflitos”, reforçou o secretário-executivo.

Negócios

Em seu pronunciamento, o superintendente Bosco Saraiva agradeceu os votos de apoio e de confiança do governo federal, dos órgãos governamentais e das entidades da sociedade civil e reafirmou o compromisso com a premissa de melhorar o ambiente de negócios da região a partir de ações como a conquista da sonhada autonomia do CBA; a estruturação do modelo de governança, integridade e gestão de riscos da Suframa; os avanços na implementação de novos sistemas informatizados; e uma maior aproximação com os demais Estados da área de atuação da Autarquia (Acre, Rondônia, Roraima e Amapá). “Nossa intenção maior é avançar na integração e no desenvolvimento regional e fortalecer verdadeiramente a atuação da Suframa, inclusive, com a divulgação da nossa cesta de incentivos fiscais em toda a região. Quero aqui reiterar minha satisfação de participar pela primeira vez da reunião deste colegiado e tenho certeza que as próximas reuniões também terão pleno sucesso, na gestão do vice-presidente e ministro Geraldo Alckmin”, afirmou Saraiva.

Relacioandos