Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Casarão da Inovação Cassina realizou diversas atividades em 100 dias de gestão

Workshops, exposições, consultorias, treinamentos foram algumas das ações realizadas no Casarão da Inovação Cassina, Centro, nos primeiros 100 dias de gestão do prefeito de Manaus, David Almeida, por meio da Secretaria Municipal de Empreendedorismo e Inovação (Semtepi). Ao todo, foram realizados quatro eventos digitais, fechadas nove parcerias e emitidos 185 certificados.

O Casarão da Inovação Cassina é peça fundamental para o processo de implementação de uma cidade mais tecnológica, atuando em diversos segmentos relacionados, tais como: e-commerce de produtos regionais, startups, institutos de pesquisa e desenvolvimento, dentre outros. Um ambiente único para prosperar ideias, inovações e transformações.

Em março, os eventos on-line e ações de endomarketing foram voltadas às mulheres, com o intuito de sensibilizar as servidoras e a sociedade, durante o mês dedicado ao enfrentamento ao câncer do colo do útero, que mais mata mulheres no Amazonas.

Rodas de conversas com empreendedoras também abordaram as vivências, experiências, desafios, obstáculos e oportunidades, que as profissionais femininas enfrentam diariamente no mercado de trabalho. Dentre os temas que foram abordados estão “Mulheres no Recrutamento e Seleção”, “Mulheres Empreendedoras”, “Empoderamento Feminino” e “Mulheres na Inovação”.

Ainda em março, no encerramento do Mês da Mulher, as servidoras da Semtepi tiveram o workshop “O Poder da Imagem”, ministrado por Ana Paula Patrocínio, que também contou com a presença da presidente do Fundo Manaus Solidária, Dulce Almeida. A ação foi idealizada para homenagear e valorizar as mulheres, além de conscientizar quanto a prevenção ao câncer do colo do útero. Em ato simbólico, foram acendidas luzes na cor lilás na fachada do Casarão da Inovação.

No último dia 5, seguindo todas as orientações de prevenção ao novo coronavírus, o Casarão da Inovação Cassina reabriu para visitação e uso da estrutura como espaço coworking. O prédio possui salas de reuniões, 54 estações destinadas para equipes de quatro a seis pessoas, sala de amostra, duas salas de cocriação, lounge, sala de formação e espaço café. Ao longo da instalação, jardins naturais podem ser encontrados no terraço, 1º pavimento, térreo e subsolo.

Texto – Nicolle Loureiro / Semtepi

-publicidade-