Cristiana e Allana Brittes, esposa e filha de Edison, serão indiciadas por coação de testemunha e fraude processual

A Polícia Civil informou nesta segunda (20) que vai indiciar o empresário Edison Brittes e mais três pessoas por homicídio qualificado e ocultação de cadáver pela morte do jogador Daniel Correa Freitas, segundo informações do G1 e da RPC Curitiba.

A esposa de Edison, Cristiana Brittes, e a filha do casal, Allana Brittes, serão indiciadas por coação de testemunha e fraude processual.

De acordo com a polícia, o inquérito, com 21 depoimentos e 370 páginas, deve ser entregue ao Ministério Público do Paraná nesta quarta (21).

Veja por quais crimes serão indiciados cada um dos sete presos, segundo a polícia:

Edison Brittes – homicídio qualificado e ocultação de cadáver;

Cristiana Brittes – coação de testemunha e fraude processual;

Allana Brittes – coação de testemunha e fraude processual;

Eduardo da Silva – homicídio qualificado e ocultação de cadáver;

Ygor King – homicídio qualificado e ocultação de cadáver;

David Willian da Silva – homicídio qualificado e ocultação de cadáver;

Eduardo Purkote – lesões graves.

Com informações do Minuto ao Minuto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here