Take a fresh look at your lifestyle.

Caso Flávio: Denúncia do Ministério Público do Amazonas é aceita pela Justiça

Tornam-se réus Alejandro Molina Valeiko, Elizeu da Paz Souza e Mayc Vinícius Teixeira

-publicidade-

Pouco mais de 4 meses após o fato ter ocorrido, a morte do engenheiro Flavio Rodrigues dos Santos teve sua apuração concluída e concretizada em denúncia oferecida pelo Ministério Público do Amazonas à Justiça, no dia 16 de dezembro de 2019, por intermédio da 16ª Promotoria de Justiça com atuação do Tribunal do Júri. E, na noite desta terça-feira (18), a juíza Ana Paula de Medeiros Braga, titular da 2a. Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus, decidiu pelo recebimento da denúncia assinada pelo promotor de Justiça Igor Starling.

Dessa forma, tornam-se réus no processo que apura o suposto homicídio: Alejandro Molina Valeiko, Elizeu da Paz Souza e Mayc Vinícius Teixeira. No mesmo processo, Paola Molina Valeiko responderá por fraude processual e José Edvandro Martins de Souza Júnior por denunciação caluniosa.

A juíza Ana Paula Medeiros Braga também revogou as medidas cautelares aplicadas em desfavor de Vitório del Gatto, que passa a figurar (neste processo) apenas como testemunha. A magistrada também revogou as cautelares em desfavor do, então acusado, Elielton Magno Júnior, que passa a figurar no processo, agora, como vítima.

A juíza, em atendimento à requisição do Ministério Público Estadual, decidiu, também, por retirar a condição de segredo de Justiça deste processo, que passa, a partir de amanhã (19 de fevereiro), a ser público.

Leia a Denúncia na íntegra, acessando o documento anexo.

https://www.mpam.mp.br/attachments/article/12714/Den%C3%BAncia%2016%C2%AA%20PJ%20-%20Caso%20Fl%C3%A1vio.pdf

Texto: ASCOM MPAM com informações da Divisão de Imprensa e Divulgação do TJAM

-publicidade-