O público frequentador do Centro Estadual de Convivência do Idoso – Ceci Aparecida, situado no centro antigo de Manaus, vai ganhar uma programação especial em comemoração ao Dia do Idoso, celebrado no dia 1º de outubro.

Nesta sexta-feira, 28, a partir das 8h, foram ofertadas consultas com médicos nas áreas de clínica geral, oftalmologia e dermatologia, além de cirurgião dentista. Também foram oferecidos testes de glicemia, HIV, sífilis e bioimpedância, com avaliações e orientações feitas pelos especialistas. Paralelamente, às 09h, foi realizado um show de calouros onde os próprios idosos protagonizaram apresentações musicais. A Tarde Dançante, com início às 14h, será outra atração oferecida e se estenderá até às 19h.

Na segunda-feira, 30, a manhã festiva inicia às 9h com show de Zumba, seguida de apresentação do grupo de convivência organizado pelo setor Psicossocial sob o tema “Recordar é viver, enfocando cantigas de roda e brincadeiras do meu tempo”. Encerrando a manhã, haverá a apresentação de dança intitulada O Banzeiro, sob responsabilidade da Universidade Aberta da Terceira Idade (Unati).

Ainda neste dia, no horário vespertino, a Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), irá oferecer uma programação visando resgatar os jogos antigos. Para isso foi buscar no fundo do baú, brincadeiras como amarelinha, bambolê, pula-corda, peteca, anelzinho e ioiô, que além de divertir também possibilitam uma viagem lúdica no tempo. Aos interessados em dar um retoque no visual será oferecido serviço de manicure.

CECF Magdalena Daou – Situada na zona oeste, essa outra unidade coletiva e comunitária voltada para famílias e mantida pelo Governo do Estado, também elaborou programação alusiva ao Dia do Idoso. As atividades iniciaram na última quinta-feira, 20, com os grupos de convivência que participaram de passeio e banho de piscina no balneário do Sesc. Na continuação, dia 27, os frequentadores assistiram pela manhã, na praça central do Centro, apresentação do grupo de dança da melhor idade. Em seguida houve uma audição de violão dos alunos do professor Roberto Boop e um vídeo enfocando o tema Terceira Idade, ambas as atrações realizadas em parceria com a Secretaria de Estado de Cultura.

Histórico – No 1º dia do mês de outubro celebra-se o Dia do Idoso no Brasil. Até 2006, o Dia do Idoso era comemorado no dia 27 de setembro. Isso porque, em 1999, a Comissão pela Educação, do Senado Federal, havia instituído tal data para a reflexão sobre a situação do idoso na sociedade, ou seja, a realidade do idoso em questões ligadas à saúde, convívio familiar, abandono, sexualidade, aposentadoria etc.

No dia 1º de outubro de 2003, porém, foi aprovada a Lei nº 10.741, que tornou vigente o Estatuto do Idoso. Pelo fato de o Estatuto ter sido instituído em 1º de outubro, em 2006 foi criada uma outra lei (a Lei nº 11.433, de 28 de Dezembro de 2006) para transferir o Dia do Idoso para 1º de outubro. Vale salientar que desde 1994, com a Lei nº 8.842, o Estado brasileiro já havia inserido a figura do idoso no âmbito da política nacional, dado que essa lei criava o Conselho Nacional do Idoso. O fato é que, com a criação do Estatuto do Idoso, em 2003, o Brasil começou a incorporar à sua jurisprudência resoluções de organizações internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU) e a Organização Mundial da Saúde (OMS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here