Cerca de 85% das delegacias brasileiras não possuem servidores suficientes para realizar suas atividades

Gabriel foi morto na frente da Delegacia após ser arrancado de cela

Segundo levantamento do Conselho Nacional do Ministério Público, divulgado pelo canal de TV por assinatura Globonews, 84,8% das delegacias de todo o país não possuem servidores suficientes para realizar suas atividades.

O Piauí possui o pior índice. Segundo o estudo, 98,9% das unidades policiais do estado estão com o quadro de pessoal insuficiente. Em seguida aparece o Espírito Santo, com 96,2%, seguido de Minas Gerais, com 95,4%, e Amazonas, com 95,2%.

Ainda de acordo com o Conselho Nacional do Ministério Público, 72% dos distritos policiais, em todo o país, estão com inquéritos em andamento a mais de dois anos. No Rio de Janeiro, 95% dos processos estão nessa situação. No Mato Grosso, o índice é de 93,4%. Em seguida aparecem Rondônia, com 92,1%, Pernambuco, com 91,7% e o Distrito Federal, com 89,8%.

O prazo para conclusão de um inquérito geralmente leva 30 dias, e nesses casos estão há pelo menos 720 dias sob análise.

Reportagem, Paulo Henrique Gomes