Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

CGE-AM participa de e-book da Open Knowledge Brasil

Novos desafios da gestão de dados do Amazonas no enfrentamento à pandemia foram tema de entrevista com representantes do órgão para o livro

A Controladoria-Geral do Estado do Amazonas (CGE-AM) fará parte do conteúdo de um e-book que está sendo produzido pela Open Knowledge Brasil (OKBR) sobre o Índice de Transparência da Covid-19, desenvolvido pela organização. Em 21 de agosto do ano passado, o Amazonas chegou pela primeira vez aos 100 pontos no ranking, alcançando a liderança no levantamento, compartilhada atualmente com outros quatro estados. Na primeira aplicação, em abril do mesmo ano, a situação era inversa: o estado contava apenas 17 pontos no levantamento elaborado pela OKBR.

Em entrevista realizada nesta semana, o controlador-geral Otávio Gomes e o subcontrolador-geral de Transparência e Ouvidoria, Rogério de Sá Nogueira, falaram sobre o histórico de implantação no Estado e de soluções buscadas pelo órgão para minimizar o impacto de aspectos locais, como distâncias e dificuldades técnicas, e das ações para estabelecer governança e articulação entre órgãos públicos na organização e divulgação dos dados.

Durante a conversa, o controlador-geral Otávio Gomes apontou ainda a posição do governador do Estado, Wilson Lima, que recomendou o empenho e a total transparência nos dados levantados pela CGE junto aos órgãos gestores da saúde no enfrentamento da pandemia. O subcontrolador-geral Rogério de Sá Nogueira falou ainda no aumento dos desafios, dada a situação enfrentada pelo Amazonas nos últimos seis meses.

A OKBR desenvolveu duas versões do índice em 2020, com acompanhamentos periódicos. A última divulgação foi referente a dezembro. A instituição prepara uma versão 3.0, considerando também informações sobre a vacinação. O próximo deve sair em maio, quando também deve ser divulgado o e-book em produção.

Sobre a OKBR – Fundada em 2013, a Open Knowledge Brasil é uma organização nacional apartidária, sem fins lucrativos, que utiliza e desenvolve ferramentas cívicas, faz análises de políticas públicas, trabalha com jornalismo de dados e promove o conhecimento livre para tornar a relação entre governo e sociedade mais transparente e para que haja uma participação política mais efetiva e aberta.

A OKBR é um capítulo da Open Knowledge Internacional (OKI), antes conhecida como Open Knowledge Foundation (OKF). A OKI é também uma organização sem fins lucrativos que promove conhecimento livre, fundada em maio de 2004, em Cambridge. Além do Brasil, atualmente a OKI está presente com capítulos ou grupos em mais de 40 países, como a Inglaterra, Áustria, Bélgica, Finlândia, Alemanha, Japão, Espanha, Suécia, Suíça e muitos outros.

FOTO: Divulgação/CGE-AM

-publicidade-