Take a fresh look at your lifestyle.

Chico Preto afirma que Prefeitura de Manaus está trocando 10 anos de contrato por 300 ônibus novos

-publicidade-

A decisão da Prefeitura de Manaus de renovar por 10 anos o contrato das empresas de transporte coletivo em troca de 300 novos ônibus, foi criticada, na manhã desta segunda-feira (17), pelo vereador Chico Preto (Democracia Cristã), em seu discurso na Câmara Municipal de Manaus (CMM). De acordo com o parlamentar, o prefeito Arthur Neto (PSDB) – que está em seu último ano de gestão – deveria deixar essa decisão para o próximo gestor da cidade.

O parlamentar lembrou, ainda, que as empresas que operam o sistema têm um histórico de má gestão, e intitulou a decisão de cavalo de troia.

“Me preocupa a decisão recente anunciada pelo prefeito de trocar 10 anos de contrato por 300 ônibus novos. São as mesmas empresas que durante os últimos anos colocaram o sistema de joelhos, colocaram o sistema em frangalhos, não cumpriram o seu papel, desviaram recursos e não pagaram regularmente seus funcionários. Do ponto de vista operacional e jurídico isso é um cavalo de troia, porque o próximo prefeito tinha a expectativa de renovar o sistema de transporte coletivo com novas empresas, mas 2021 para o próximo prefeito começa com os mesmos CNJPs, as mesmas manias, as velhas práticas condenáveis”, afirmou.

Chico Preto destacou, também, que a renovação da frota era uma obrigação do contrato ainda vigente com empresas que compõem o sistema de transporte coletivo de Manaus.

“Todos assistimos, quando do aumento (da tarifa) de R$ 3 para R$ 3,80, a promessa da chegada de 300 novos ônibus e esse compromisso não foi honrado. E agora nós precisamos dar mais 10 anos o contrato de concessão para as mesmas empresas que aí estão? Eu não encontro outra palavra que não seja essa: cavalo de troia”, finalizou.

FOTO: ALCIDES NETTO

-publicidade-