O bloco Chitara da Chapada foi o quarto a arrastar multidão no desfile do Carnailha de domingo, 15. Conhecido pelo bordão “A fantasia que a mamãe queria que eu usasse no Carnaval, era de Chitara”, arrastou centenas de pessoas fantasiadas e mostrou muita animação e alegria.

A rainha, Thifanny da Chapada, é parintinense, mas morou no Rio de Janeiro por muitos anos. Com o seu retorno, pela primeira vez, teve a oportunidade de se representar o bloco que tanto admira. “Vou subir ao palco para arrebentar e mostrar muito samba no pé, pois isso é o essencial para levar o posto de rainha” destacou.

O presidente da Chitara da Chapada, Jefferson Matos, ressaltou que o bloco é o mais esperado dos foliões e todo ano se prepara para levar o melhor pra avenida, independente de qualquer adversidade. “Esse ano juntamos todas as marchinhas de sucesso do nosso bloco e provar que o carnaval de Parintins e a irreverência sempre está em primeiro lugar” destacou o presidente.

LAGARTO

Com o tema “Sem pecado e Sem pudor”, o bloco Lagarto Salgado foi o quinto a se apresentar no palco da grande festa. A rainha Nayá Valery, foi o destaque da apresentação da agremiação carnavalesca, a qual mostrou muito rebolado e samba no pé.

Vestida de lagarto, Nayá arrancou gritos e aplausos do público presente e tem esperança de levar o titulo. Ela acredita que realizou uma ótima apresentação e tem chances de levar nota máxima nos quesitos a serem julgados. “A Nayá Valery mostrou tudo que o Lagarto representa, o bloco é do povão, é união, é de gente humilde, mas com muito amor pelo bloco, estou com o pensamento positivo de ser a rainha dos irreverentes” afirmou.

O presidente do bloco, Leandro Carvalho, disse que a agremiação existe há 10 anos e sempre foi campeão no quesito irreverência e animação, esse ano não foi diferente. “Quando se fala em Lagarto Salgado todos o conhecem, é um bloco bastante animado e mostramos muito alegria no palco” ressaltou

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here