Mais de 170 milhões de reais da Funasa aguardam pelos projetos de execução

Na manhã desta segunda-feira (04/02), o Governo do Amazonas firmou parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), que viabiliza o aproveitamento de verbas já existentes destinadas ao saneamento básico e que irão beneficiar 41 municípios do interior do Amazonas. A parceria foi firmada por meio da Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama), que criou uma força-tarefa com capacidade técnica para viabilizar os projetos junto à Funasa.

De acordo com o presidente da Ciama, o engenheiro Aluízio Barbosa, existem municípios com verbas já aprovadas no valor total de 44 milhões de reais. “Eles não têm projetos, e a Ciama vai intervir para ajudar na elaboração deles e acompanhar essas obras, no futuro”, explicou o gestor, que informou que a verba não vem para o Governo do Estado. “Ela vai direto para a prefeitura municipal a qual se destina”.

O presidente da Ciama ainda acrescentou que há recursos da ordem de 127 milhões de reais para projetos que necessitam apenas de ajustes e atualizações para serem efetivados. “Alguns deles foram entregues pela Funasa às prefeituras em 2015 e ainda não saíram do papel por causa de pendências documentais, e nosso corpo técnico vai avaliar e atualizar cada um deles”, disse Barbosa.

Saúde básica – O superintendente da Funasa, no Amazonas, Henderson Monteiro, declarou estar empolgado com a iniciativa. “Hoje, o Governo do Amazonas deu um grande passo que vai refletir na saúde básica dos moradores do interior porque essa parceria vinha sendo tentada há algum tempo, mas sem sucesso”.

De acordo com o diretor técnico da Ciama, Nelson Azevedo, os prefeitos serão procurados pela equipe técnica da Ciama, mas também podem buscar diretamente a Companhia, entrando em contato pelo telefone (92) 2123-9999.

Municípios com verbas empenhadas aguardando projeto: Alvarães, Amaturá, Anamã, Anori, Atalaia do Norte, Barreirinha, Beruri, Caapiranga, Carauari, Careiro da Várzea, Codajás, Iranduba, Manaquiri, Rio Preto da Eva, Santo Antônio do Içá.

Municípios que necessitam de ajustes e atualizações nos projetos: Anamã, Atalaia do Norte, Benjamin Constant, Boca do Acre, Careiro, Iranduba, Itamarat, Itapiranga, Juruá, Manaquiri, Manicoré, Maraã, Nhamundá, Nova Olinda do Norte, Novo Airão, Santo Antônio do Içá, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Tabatinga, Tapauá, Uarini, Urucará, Urucurituba.

FOTOS: DIVULGAÇÃO/CIAMA