CMM concede moção de parabenização aos policiais no caso de roubo da lotérica

Nesta segunda-feira (15) a Câmara Municipal de Manaus protocolou a moção de parabenização de autoria dos vereadores Joana Darc Protetora dos animais (PR) e Chico Preto (PMN) aos policiais civis e militares que atuaram no caso do roubo da lotérica neste último sábado (13) na Zona Leste de Manaus. A moção ainda foi subscrita por mais cinco vereadores da casa.

A moção visa homenagear os policiais do Comando de Operações Especiais (COE), Ronda Ostensiva Cândido Mariano (ROCAM), Força Tática da Polícia Militar e a Força Especial Resgate e Assalto (FERA), da Polícia Civil que estiveram envolvidos na ação de controle, liberação de reféns e neutralização de elementos hostis, obtendo um resultado bem-sucedido resgatando a vida de um total de 24 pessoas sequestradas onde quatro ficaram sob reféns dos assaltantes

A vereadora Joana Darc protetora dos animais (PR) que apesar de surgirem críticas sobre o caso o resultado final foi o mais importante. Com muita felicidade é que apresento essa moção. Antes termina com reféns livres e bem do que de outra forma. Espero que esses servidores sejam reconhecidos não só por esse ato, mas por todo o trabalho que desempenham nas corporações e espero de alguma forma poder contribuir com isso”, apontou.

Para o vereador Chico Preto (PMN), a moção é um reconhecimento aos policiais civis e militares envolvidos na ação que tiveram excelência no caso. ” Por uma questão de justiça e feito de progressão funcional também tem seu peso, uma moção beneficia nesse momento. Todos os envolvidos deram uma demonstração de firmeza e de compromisso com a vida de pessoas inocentes. Deixo claro também que fica uma mensagem para os bandidos, não passarão”, finalizou.

Os dois vereadores ainda são autores da criação da Frente Parlamentar em defesa da Guarda Municipal de Manaus. Uma forma de debater as reivindicações e melhorias da classe que não tem plano de cargos e carreiras.

Entenda o Caso.

24 pessoas foram feitas reféns durante o assalto a uma casa lotérica na tarde de sábado (13) O grupo de pelo menos cinco assaltantes invadiu uma casa lotérica na Avenida Grande Circular, Zona Leste de Manaus. Alguns reféns chegaram a ser liberados antes da saída dos assaltantes, que fizeram um escudo humano com as vítimas.

Com quase 2h de assalto, os bandidos saíram da casa lotérica com reféns, que foram deixados na rua. Eles trocaram tiros com os policiais. Quatro dos cinco assaltantes foram baleados e morreram. O quinto homem foi preso.