Codam aprova na íntegra pauta com investimentos de R$ 1.919 milhões

O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) aprovou, na íntegra, a pauta da 276ª reunião que relacionava projetos industriais com investimentos estimados em R$ 1.919 milhões e geração de 1.685 postos de trabalho, no período de até 36 meses. No balanço acumulado do ano, o Codam aprovou, em cinco reuniões, um total de 134 projetos, que somam pouco mais de R$ 7 bilhões e um total de 5.197 vagas no mercado de trabalho.

Conduzida pelo secretário de Estado de Fazenda, Alfredo Paes, a reunião definiu por unanimidade e sem ressalvas a aprovação de todos os projetos incluídos na pauta, com destaque para a proposta da Transire Fabricação de Componentes Eletrônicos de atualização da linha de produção, ao custo de R$ 1 bilhão para a fabricação de terminais de captura de dados, as maquininhas para pagamento em débito ou crédito, com a oferta de 654 vagas no mercado de trabalho.

Outro destaque foi o projeto da Elsys Equipamentos Eletrônico para a produção de aparelhos receptor para reprodução de internet com investimentos de R$ 29,97 milhões. A MC Indústria de Plásticos da Amazônia conseguiu aprovação para a fabricação de peças plásticas moldadas por injeção para para fins industriais ao custo de R$ 24,91 milhões.

Saldo positivo – O secretário de Estado de Planejamento, João Orestes Schneider, ressaltou a evolução da oferta de vagas dos projetos aprovados. “Foi o melhor resultado do ano, um total de 1.685 empregos, que serão importantes nesse momento de instabilidade”, acrescentou. O presidente da Federação da Agricultura do Estado do Amazonas (Faea), Muni Lourenço, destacou a iniciativa dos órgãos de controle ambiental do Estado de simplificar o licenciamento para produtores com projetos de baixo impacto sobre o meio ambiente.

Balanço – A reunião anterior do Codam, realizada em agosto, aprovou 25 projetos industriais com investimentos estimados em R$ 2 bilhões. A previsão é de geração de 948 vagas no mercado de trabalho, a partir da implantação dos projetos aprovados. Os destaques da pauta foram os projetos da Flextronic Internacional Tecnologia para a fabricação de televisor em cores de tela de cristal líquido avaliados em R$ 106,15 milhões.

FOTO: DIVULGAÇÃO