As temáticas relevantes e atuais da área de micologia serão debatidas durante o IX Congresso Brasileiro de Micologia, que iniciou nesta segunda-feira (24/6) e segue até o dia 27 de junho, no Centro de Convenções do Amazonas – Vasco Vasques, bairro Flores, zona Centro-Sul de Manaus.

O evento é voltado para estudantes de graduação e pós-graduação, pesquisadores, professores e demais profissionais da área de saúde.

Promovido pela Sociedade Brasileira de Micologia, o congresso conta com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), por meio do Programa de Apoio à Realização de Eventos Científicos e Tecnológicos no Estado do Amazonas (Parev) edital Nº 009/2018.

Durante abertura do congresso, a diretora-presidente da Fapeam, Márcia Perales, destacou o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Fundação, para ações voltadas à popularização e difusão da ciência no Estado, bem como para formação de recursos humanos, pesquisa e inovação.

No dia 14 de junho a Fapeam lançou seis editais de apoio à Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I), dentre eles o Parev 2019. A nova edição do Programa conta com investimento da ordem de R$ 2,2 milhões. Um aumento de 60% em comparação a 2018, para apoiar à realização de eventos regionais, nacionais e internacionais sediados no Amazonas, relacionados à CT&I.

“Os eventos científicos permitem diálogos, discussões, interlocuções e faz com que a ciência se aproxime da sociedade, por meio dos resultados que são divulgados. Queremos cada vez fortalecer essa linha da Fapeam de fomento à popularização e difusão da CT&I no Amazonas”, disse Márcia Perales.

Para a presidente da Comissão Organizadora do Congresso, Maria Aparecida de Jesus, o evento contribui com o intercâmbio de pesquisadores de diferentes instituições de ensino e pesquisa que atuam na área de Micologia.

“Na Amazônia temos um das maiores diversidades tanto de plantas quanto de fungos. Acredito que o evento traz um intercâmbio de conhecimentos entre pesquisadores em nível regional, nacional e internacional”, comentou.

Programação

O evento conta com uma programação diversificada com conferências, simpósios, mesas-redondas, palestras, minicursos, oficinas, reuniões, excursões e o Prêmio Augusto Chaves Batista, destinado aos melhores artigos científicos de estudantes de graduação, pós-graduação e recém-doutores, que poderão ter trabalhos publicados no livro de resumo do CBMy.

Parev

O Parev está com edital Nº007/2019 aberto para submissão de propostas. A primeira chamada contempla eventos a serem realizados de março a junho de 2020 e podem ser submetidas até o dia 16 de agosto deste ano. A segunda chamada recebe propostas até o dia 31 de janeiro para eventos ocorrentes de julho a dezembro de 2020.

FOTO: ÉRICO XAVIER