Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Com dados de metade de municípios, Amazonas registra 401 caso de Covid-19, nesta sexta-feira (25/12)

Foram confirmados 10 óbitos

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 265, traz o diagnóstico de 401 novos casos de Covid-19, totalizando 195.806 casos da doença no Estado.

Nesta edição do boletim, foram confirmados 10 óbitos por Covid-19, sendo sete ocorridos no dia 24/12 e três óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.161 o total de mortes.

Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, nesta quinta-feira (24/12), foram registrados 14 sepultamentos por Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 23.479 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,99% dos casos confirmados ativos.

Rede de Assistência – Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 599 pacientes internados, sendo 353 em leitos (101 na rede privada e 252 na rede pública), 232 em UTI (74 na rede privada e 158 na rede pública) e 14 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde.

Há ainda outros 141 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 94 estão em leitos clínicos (51 na rede privada e 43 na rede pública), 45 estão em UTI (24 na rede privada e 21 na rede pública) e dois em sala vermelha.

Banco de dados – O boletim diário é construído com as informações disponibilizadas diariamente pelas prefeituras municipais, todos os dias da semana, incluindo fins de semana e feriados.

A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 240.509 casos, enquanto no interior do estado, o número chega a 256.291.

Ao todo 31 municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim.

Os municípios são: Alvarães, Amaturá, Anamã, Apuí, Atalaia do Norte, Barcelos, Beruri, Canutama, Carauari, Careiro da Várzea, Eirunepé, Guajará, Humaitá, Japurá, Juruá, Juataí, Maués, Manaquiri, Manicoré, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã, Pauini, Santa Isabel do Rio Negro, São Paulo de Olivença, São Gabriel da Cachoeira, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tapauá, Tonantins e Urucurituba.

Municípios – Dos 195.806 casos confirmados no Amazonas até esta sexta-feira (25/12), 79.027 são de Manaus (40,36%) e 116.779 do interior do estado (59,64%).

Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (8.276); Parintins (7.212); São Gabriel da Cachoeira (4.990); Tefé (4.918); Humaitá (4.541); Manacapuru (4.531); Presidente Figueiredo (3.860); Carauari (3.722); Lábrea (3.683); Iranduba (3.144); Barcelos (2.965); Itacoatiara (2.862); Eirunepé (2.698); Ipixuna (2.684); Santa Isabel do Rio Negro (2.356); Maués (2.264); Careiro (2.210); São Paulo de Olivença (2.119); Rio Preto da Eva (2.076); Tabatinga (2.036); Boca do Acre (2.014); Benjamin Constant (1.802); Manicoré (1.678); Autazes (1.634); Itapiranga (1.620); Atalaia do Norte (1.594); Nova Olinda do Norte (1.514); Pauini (1.513); Barreirinha (1.490); Urucurituba (1.439); Alvarães (1.429); Santo Antônio do Içá (1.351); Tapauá (1.333); Anori (1.302); Fonte Boa (1.181); Anamã (1.146); Maraã (1.124); Novo Airão (1.116); Beruri (1.089); Uarini (1.079); Amaturá (1.035); Envira (1.022); Guajará (995); Nhamundá (967); Urucará (945); Borba (928); Novo Aripuanã (879); Silves (795); Canutama (788); São Sebastião do Uatumã (742); Tonantins (716); Manaquiri (706); Itamarati (608); Japurá (594); Boa Vista do Ramos (591); Juruá (577); Jutaí (576); Apuí (470); Careiro da Várzea (449); Codajás (412) e Caapiranga (389).

Óbitos – Entre pacientes em Manaus, há o registro de 3.297 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 1.864.

A lista inclui Manacapuru (172); Parintins (160); Coari (131); Tefé (105); Itacoatiara (95); Tabatinga (88); Humaitá (83); Iranduba (60); São Gabriel da Cachoeira (58); Maués (49); Benjamin Constant (46); Lábrea (44); Autazes (38); Presidente Figueiredo (37); Manicoré (36); São Paulo de Olivença (31); Nova Olinda do Norte (29); Barcelos (28); Santo Antônio do Içá (28); Barreirinha (27); Careiro (25); Rio Preto da Eva (24); Alvarães (23); Borba (23); Carauari (23); Manaquiri (23); Fonte Boa (21); Santa Isabel do Rio Negro (21); Tonantins (21); Anori (18); Boca do Acre (18); Jutaí (17); Nhamundá (17); Guajará (16); Urucará (15); Novo Aripuanã (14); Uarini (14); Beruri (12); Eirunepé (12); Ipixuna (12); Itapiranga (12); Novo Airão (12); Urucurituba (11); Amaturá (10); Codajás (10); Tapauá (10); Caapiranga (9); Juruá (8); São Sebastião do Uatumã (8); Boa Vista do Ramos (7); Itamarati (7); Maraã (7); Silves (7); Canutama (6); Careiro da Várzea (6); Pauini (6); Apuí (5); Atalaia do Norte (4); Envira (2); Japurá (2) e Anamã (1).

Medidas Restritivas – O Governo do Amazonas publicou decreto dispondo sobre o funcionamento dos órgãos e entidades da administração direta e indireta do Poder Executivo Estadual, no período de 26 de dezembro de 2020 a 10 de janeiro de 2021, como medida de enfrentamento da Covid-19.

Para o decreto foi levado em consideração a necessidade de estabelecer novas medidas sanitárias, propostas pelo Comitê Intersetorial de Combate e Enfretamento da Covid-19, de modo a garantir a contenção da elevação dos casos, no âmbito do Estado do Amazonas, e a consequente redução dos indicadores técnicos referentes à transmissibilidade do vírus e de internações na rede pública e privada de saúde.

Referência – A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

-publicidade-