As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Com novo hat-trick de Stronda, Cliper goleia Tarumã por 7 a 1 pelo Amazonense da Série B

Não foi o jogo entre Alemanha e Brasil na Copa do Mundo de 2014, mas o placar e o grande futebol apresentado pelo Cliper Clube na goleada diante do Tarumã por 7 a 1, mostrou a superioridade do time pela quarta rodada do Campeonato Amazonense da Série B. Com resultado expressivo, o Águia Dourada do P10, assume a liderança da divisão de acesso, com sete pontos, mesmo número do Amazonas, mas na frente pelo critério de desempate. A partida foi realizada na tarde deste domingo, 3/11, no estádio Ismael Benigno, a Colina, zona Oeste da cidade.

Pela última rodada da fase classificatória, o Cliper Clube folga na tarde, depois de ter cumprido seus jogos, mas agora vai aguardar os resultados para saber se garante vaga ou não na final do campeonato e na elite do futebol amazonense de 2020. Já o Tarumã, em quarto colocado, com três pontos e sem chances de classificação, enfrenta o São Raimundo, pela quinta rodada, no sábado, 9/11, às 16h, no estádio da Colina.

Satisfeito não apenas pelo resultado e o bom futebol apresentado pelo Cliper, o treinador Mazinho, comemorou o trabalho realizado durante a semana, culminando com grande desempenho da equipe em campo.

– A semana toda foi falado sobre isso, de ter paciência e tranquilidade na hora de definir em gols. O grupo está de parabéns, souberam aproveitar e ter calma, conversamos muito sobre isso, o que faltou nos primeiros jogos. Criamos também nos dois primeiros jogos, com duas belas equipes. Nossa parte foi feita, agora é esperar o que Deus tem para gente. O que fiquei sabendo anteriormente é que o Cliper era saco de pancada, mas esse ano foi diferente – disse o comandante do Águia Dourada.

Hat-trick em dose dupla

Depois de ter marcado três vezes no jogo com Holanda, o meia Stronda repetiu o hat-trick, agora na goleada com Tarumã. Para o jogador, é uma sensação única o feito. Para ele, o importante agora é torcer para o Cliper garante a vaga na Série A do ano que vem.

– No pênalti, meus companheiros foram solidários comigo. Sabendo que brigava pela artilharia, pedi para bater. Sendo artilheiro, não sou apenas eu que vou estar aparecendo, mas o Cliper. É a primeira vez que marco em duas partidas seguidas três em gols. É um sonho de cada jogador, mas isso mostra a força do nosso grupo de conseguir o objetivo de disputar a Série A do ano que vem – comentou.

Jogo

Mal começou o jogo e o Cliper Clube já deixou seu cartão de visita. Aos dois minutos, Stronda pela direita avança e chuta forte para fazer, 1 a 0. O Tarumã quase chegou ao empate. Aos cinco minutos, Daivison recebe de frente para o gol e bate no canto direito, mas o goleiro Nelsinho defende e evita o gol.

Com o avanço do Lobo do Norte ao ataque para buscar o empate, o Cliper aproveitou as chances para os contra-ataques. Aos 11 minutos, saída de bola da defesa com Pastor, que tocou para Alberto e passou para Kelve na esquerda, ele cruzou rasteiro e Branco sozinho fez, 2 a 0.

Com aproveitamento melhor em relação aos últimos jogos nas conclusões, o Águia Doirada do P10 chegou ao terceiro gol. Aos 18 minutos, Carlinhos cruza pela direita e Stronda de cabeça marca mais um, 3 a 0.

Aos 34 minutos, o Tarumã conseguiu diminuir. Jogada individual de Terlisson próximo da meia lua da grande área, que chutou rasteiro no canto direito para fazer, 3 a 1. Na sequência, o Cliper marcou dois gols relâmpagos. Aos 37 minutos, Branco domina e toca por cobertura para ampliar, 4 a 1. Um minuto depois, Kelve pela esquerda avança e toca na saída do goleiro de canhota, 5 a 1.

No segundo tempo, perdendo com um placar significativo, não restava outra alternativa ao Lobo do Norte sair com tudo ao ataque. Aos nove minutos, Caique pela esquerda chuta a queima roupa, mas o goleiro do Cliper defende e evita o gol.

Aos 11 minutos, o Cliper investe pela direta com Kelve, que passa para Branco chutar em cima do goleiro e no rebote Kelve fica impedido, sendo marcado pelo árbitro. Aos 20 minutos, o Cliper quase ampliou com Carlos Junior, que tocou para Branco e chutou, mas o goleiro defendeu.

Aos 21 minutos, bola na área e Moisés tenta tirar, mas acaba tocando com a mão na bola. Um minuto depois, Stronda pede para Branco para cobrar e marcar seu terceiro em campo, 6 a 1. Mais uma chance do Cliper ampliar aos 29 minutos. Pela direita Carlinhos avança pela linha de fundo, que cruza para Anthony e de canhota chutou no canto direito com perigo.

Aos 38 minutos, o Tarumã perdeu a chance de diminuir o prejuízo com Edirlley. Sem perder tempo, o goleiro Nelsinho faz uma ligação na direita para Carlos Junior, que toca na grande área e Jonathan sozinho chuta sem chances para ampliar, 7 a 1.

Ficha técnica:

Jogo: Tarumã 1×7 Cliper Clube

Motivo: Campeonato Amazonense da Série B /1ª fase / 4ª rodada

Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina – Manaus/AM

Horário: 16h

Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior

Árbitros Assistentes: Jeová Rodrigues dos Santos e Adriana Costa Farias

Tarumã: César Rastafari, Luan, Allan (Eduardo), Rodrigo, Moisés, Bokita (Edirley), Robson, Anibal, Diogo (Dener), Caique e Terlisson. Técnico: Fernando Lage.

Cliper Clube: Nelsinho, Carlinhos, Luan, Pastor, Alberto, Rogério Pedra, Maxson (Anthony), Kelve, Stronda, Carlos Júnior e Branco (Jonathan). Técnico: Mazinho.

Agência SportsManaus

Foto: Divulgação

você pode gostar também