Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Com sociologia e filosofia, MP do Ensino Médio será debatida no Senado

Concluída neste mês, a votação na câmara dos deputados da medida provisória que reformula o ensino médio trouxe novidades ao texto da proposta. Foram incluídas a obrigatoriedade das disciplinas de educação física, arte, sociologia e filosofia na Base Nacional Comum Curricular. Anteriormente, essas disciplinas haviam sido preteridas da proposta original, enviada pelo governo ao Congresso Nacional.

A Confederação Nacional dos Estabelecimentos de Ensino, a Confenen, entidade que representa as escolas privadas, comemorou a decisão tomada pela Câmara. De acordo com o diretor executivo da Confenen, João Luiz Cesarino, o destaque aprovado pelo parlamento, não determina especificamente se Sociologia e Filosofia vão ter de ser oferecidas nos três anos da etapa. “A questão como foi colocada, de sociologia e filosofia, praticamente como temas transversais, nós parece bem apropriado. O conteúdo pode perfeitamente ser estudado em cadeiras do ensino médio nessa prática de tema transversal.”

Agora, com a aprovação do texto da medida provisória pela Câmara dos Deputados, a MP segue para apreciação do Senado Federal. A proposta do governo federal tem a intenção de diminuir o número de disciplinas obrigatórias, focando o ensino em quatro áreas do conhecimento, sendo elas: linguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas.

Reportagem, João Paulo Machado

-publicidade-