As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Combate à poluição sonora já contabiliza 17 operações noturnas este ano

A Prefeitura de Manaus já participou, no acumulado de 2019, de 17 operações noturnas de combate à poluição sonora, com 85 estabelecimentos abordados e 19 multas lavradas a estabelecimentos denunciados por abuso de som e descumprimento de interdição.

O trabalho, feito em parceria com os órgãos que compõem a Central Integrada de Fiscalização (CIF), do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), vem surtindo efeito positivo e possibilitando a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) o aumento do índice de atendimento de denúncias.

No total, foram 27 autos de apreensão de equipamentos, 23 autos de interdição e oito notificações, totalizando 77 procedimentos em todas as zonas da cidade. O balanço contabiliza ações realizadas de janeiro até o último dia 7 de junho.

De acordo com o diretor de Fiscalização da Semmas, Eneas Gonçalves, a integração dos órgãos de comando e controle permite uma eficácia maior no atendimento às demandas, que são muitas. “Seria praticamente impossível atender as todas as demandas sem uma estratégia de trabalho conjunta, tendo em vista que a poluição sonora se mantém no topo do ranking de denúncias de crimes ambientais recebidas pela Semmas por meio do 0800-092-2000”, explica Eneas.

“Com o apoio da Polícia Militar, efetivamos a atuação junto aos estabelecimentos como bares e casas de show com maior número de denúncias, mas também a empreendimentos como oficinas e metalúrgicas, que causam ruídos e são denunciados com frequência”, afirmou o diretor.

Em 2018, a poluição sonora foi o crime ambiental mais denunciado na Semmas. Ele encabeçou o ranking de denúncias com 3.859 registros. Em 2017, foram 3.542 denúncias.

Foto – Divulgação/Semmas

você pode gostar também