Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Companhia de Desenvolvimento do Amazonas completa 26 anos

Completando 26 anos de existência neste sábado (08/05), a Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama) carrega na bagagem a participação efetiva em grandes projetos do Governo do Estado, como a Ponte sobre o Rio Negro, o Ginásio Poliesportivo Amadeu Teixeira, a Arena da Amazônia e inúmeros projetos de engenharia, principalmente de sistemas de abastecimento de água no interior.

Atualmente, a Ciama está trabalhando com prioridade no atendimento ao interior. Para isso, dispõe de uma equipe técnica especializada para elaborar, participar e gerenciar projetos de engenharia, na área ambiental, na economia e administração; além de atuar na captação de recursos e atração de investimentos para o Amazonas. A companhia atende os municípios – sem custos para as prefeituras – com a elaboração e gerenciamento de projetos de aeroportos, portos e infraestrutura rodoviária.

Para o diretor-presidente da Ciama, Aluizio Barbosa, funcionário da companhia há 18 anos, é um privilégio poder fazer parte das conquistas da empresa. “Estivemos à frente de grandes projetos para o Amazonas”, destacou, pontuando que hoje a Ciama assumiu o desafio e determinação do governador Wilson Lima, de levar projetos de desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida para o interior do estado.

Uma das funcionárias com mais tempo de serviço na Ciama, a gerente do departamento de engenharia Claudia Ávila, destaca que trabalhar na Companhia é fazer parte de uma empresa que é uma família, onde todos cooperam para a realização de projetos exitosos. “Hoje estamos focados em atender os mais diversos prefeitos do interior, com todas as demandas que exijam projetos a serem submetidos a financiamentos, sejam via Governo Federal ou Estadual”, disse.

Trajetória – Ao longo de sua história, a Companhia projetou 17 aeroportos existentes no interior, realizou estudo completo para nortear a implementação de um novo Plano Aeroviário para o Amazonas, com levantamento in loco para atualização do plano em 55 municípios e 69 localidades do estado.

Além da experiência com a infraestrutura de aeroportos, a Ciama elaborou projetos para a infraestrutura portuária dos municípios de Itacoatiara, Tabatinga, Tefé, Coari, Manacapuru, Boca do Acre e Manaus.

A contratação e fiscalização de projetos rodoviários implementados pelo estado também esteve a cargo da Ciama, que atuou nas seguintes rodovias: BR-307 (Benjamin Constant/Atalaia do Norte); AM-254; BR319/Autazes; AM-354; BR-319/Manaquiri; AM-352 (Manacapuru/Novo Airão); AM-363/Itacoatiara; Km-227 AM-010 (Itapiranga); estrada de Interligação Careiro/Cambixe; e AM-360 (Apuí/Novo Aripuanã).

FOTO: Divulgação/Ciama

-publicidade-