Recurso pode ser aliado à agilidade da loja física, segundo o especialista Roque Gonçalves

As compras efetivadas por meio do smartphone têm crescido a cada dia. Segundo uma pesquisa feita pela Criteo, nomeada “Análise do E-commerce no mundo”, 50% das vendas online realizadas no Brasil, são realizadas de um celular. Os dados se referem ao primeiro trimestre de 2018. Ao todo cinco mil varejistas de 80 países participaram da pesquisa.

Clube de fidelidade, cartões de crédito da loja e aplicativos são algumas das opções que tem feito esse número crescer. A experiência da compra online tem sido melhorada a cada dia. “O e-commerce é hoje uma via de duas mãos, onde de um lado está o consumidor procurando produtos ou serviços de maneira ágil e as empresas com seus produtos e ofertas, com descontos e opções diferenciadas na experiência da compra”, destaca o mentor em Networking, Roque Gonçalves.

As grandes empresas que possuíam dois mercados distintos, o e-commerce e a loja física, estão mudando seus conceitos e oferecendo novas experiências aos seus consumidores. “A impressão que pode passar é que o varejo físico está morrendo.

Mas na verdade o que está morrendo é o varejo físico que não se atualiza. E os grandes varejistas já perceberam isso”, explica.

O especialista destaca que um diferencial que tem atraído os olhares do consumidor é a opção de retirar o produto adquirido em compra online, em uma loja física. “Essa modalidade de venda trouxe mais agilidade na entrega, pois o produto chega mais rápido na mão do consumidor, além de utilizar seu próprio estoque na loja física. A sacada é conquistar o cliente pela palma da sua mão, através do celular, oferecendo opções de qualidade do seu produto e possuir uma entrega, uma experiência de compra diferenciada, que vai permitir criar um relacionamento duradouro com a marca”.

Independente do produto que a empresa venda, a internet hoje é a maior aliada para oferecer um produto, atrair o consumidor e iniciar um relacionamento com o cliente. “Mas fique atento para não dar um atendimento padronizado, automático. Atenda cada cliente de forma diferenciada, entendendo o que ele realmente quer”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here