Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

Concentradores doados pelo Unicef e Opas atenderão a capital e cinco municípios do interior

Carregamento com 80 equipamentos chegou a Manaus na manhã desta quarta-feira (10/02)

O Governo do Amazonas recebeu, nesta quarta-feira (10/02), uma doação de 80 concentradores de oxigênio comprados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Além da capital, os aparelhos deverão ser enviados para cinco municípios do interior que apresentam maior necessidade.

O carregamento, com 50 concentradores doados pelo Unicef e 30 pela Opas, veio de São Paulo (SP) e chegou a Manaus na manhã de hoje. Todo o material será distribuído a partir desta quarta-feira para os municípios de Manaus, Tefé, Tabatinga, Lábrea, Carauari e Itacoatiara.

Os equipamentos são utilizados para armazenar e filtrar as moléculas de oxigênio que são retiradas do ambiente, purificadas, concentradas e enviadas ao paciente por meio de cânulas ou máscaras para manter a saturação ideal para os pacientes internados.

Conforme a chefe do escritório do Unicef em Manaus, Débora Nandja, os concentradores de oxigênio doados pelo Unicef e Opas são de 5 litros e têm como objetivo suprir a demanda nos leitos das unidades de saúde. Além disso, ela explica que os equipamentos, viabilizados em parceria com as Lojas Americanas e Modern Logistics, poderão ser usados em casos de transferência e deslocamento de pacientes, principalmente do interior.

“Esses concentradores vão para os municípios. São cinco municípios escolhidos pelo próprio Governo do Estado, são os municípios que nesse momento precisam mais, e é mais uma ação do Unicef contra o enfrentamento da pandemia e também para garantia de saúde e direitos de crianças, adolescentes e famílias em geral aqui no estado do Amazonas”, afirmou Débora.

Parcerias – Durante os últimos meses, o Governo do Estado vem contando com o apoio de grandes parceiros no combate à Covid-19 e assistência aos públicos mais necessitados, entre elas o Unicef e a Opas.

Entre as ações, o Unicef tem facilitado a entrega de cestas básicas e kits de higiene para famílias vulneráveis, população indígena e refugiados e migrantes da Venezuela. Na área de saúde, as ações incluem qualificação dos profissionais de saúde para temas relacionados ao novo coronavírus, monitoramento da Covid-19 nos espaços de acolhimento para refugiados e migrantes da Venezuela, apoio para a continuidade do atendimento de saúde e a vacinação de rotina de gestantes, crianças e adolescentes.

A Opas também doou recentemente 60 mil testes rápidos baseados em antígenos (para apoiar o diagnóstico de casos de Covid-19), 4.600 oxímetros (para monitorar as condições de saúde de pacientes), 45 cilindros de oxigênio (para abastecer estabelecimentos de saúde do Amazonas), 1.500 termômetros (para checagem de temperatura de pacientes) e contratou 46 apoiadores para ajudar a garantir o funcionamento do laboratório central do estado 24 horas por dia, sete dias por semana.

FOTO: Herick Pereira/Secom

-publicidade-