As Principais Notícias do Estado do Amazonas estão aqui!

Concurso Estadual de Prevenção à Violência Contra Mulheres premia alunos e professores da rede pública

Ao todo, 15 alunos venceram nas categorias Cartaz, Teatro, Redação e Música. Professores, orientadores e coordenadores também receberam certificados

Com o tema “O papel da Mulher no século XXI: Expressões de Discriminação e Violência”, o 7° Concurso Estadual sobre Prevenção à Violência contra as Mulheres premiou, nesta terça-feira (10/12), alunos e professores da rede pública estadual que desenvolveram trabalhos em categorias como Cartaz, Teatro, Redação e Música relacionados ao tema. O concurso é realizado pelo Governo do Amazonas, por meio de uma parceria entre as secretarias de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e de Educação e Desporto, com apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher (Cedim).

Na cerimônia de premiação estiveram presentes autoridades como a titular da Sejusc, Caroline Braz; o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas e governador em exercício, Josué Neto; da presidente do Cedim, Auxiliadora Brasil; da secretária do Fundo de Promoção Social (FPS), Kathelen Santos; o defensor público geral eleito para o biênio 2020-2021 da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Ricardo Paiva; a secretária executiva da Secretaria de Educação e Desporto na capital, Arlete Mendonça; o gerente de Ações Sociais do Sidia Instituto de Ciência e Tecnologia; a presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB, Glaucia Soares; e o representante da Casa Civil, Rodrigo Cavalcante.

Para a secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Caroline Braz, falar sobre o tema nas escolas é uma das políticas adotadas pelo órgão como forma de prevenção à violência doméstica.

“Somente trabalhando a prevenção e conscientização é que vamos conseguir mudar a realidade da violência contra mulher. A gente pode fazer inúmeras políticas, mas é com a mudança da cultura e comportamento que elas serão eficazes”, ressaltou a secretária.

Premiados – Ao todo, 15 alunos venceram em primeiro, segundo e terceiro lugar, nas categorias Cartaz, Teatro, Redação e Música, do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Além disso, os professores, orientadores e coordenadores também receberam certificados de agradecimento.

Já as escolas mais premiadas do concurso foram o Centros de Educação de Tempo Integral João dos Santos Braga, com cinco prêmios; Escola Estadual Professor Jacimar da Silva Gama, com três prêmios e Escola Estadual Plácido Serrano, com dois troféus.

Uma das premiadas foi a aluna do 7° ano do Ensino Fundamental da Escola Estadual Professor Roberto dos Santos Vieira, Heloisa Siqueira de Souza, de 13 anos. A estudante conquistou o segundo lugar na categoria redação.

“Meu professor é uma pessoa mágica, que sempre está buscando me incentivar. Quando ele nos falou do concurso e que era sobre violência contra a mulher, eu busquei fazer uma redação que servisse de inspiração para outros alunos”, lembrou. “É um concurso importante para que os alunos possam se expressar de uma forma artística e mudar um pouco a realidade”.

Sobre o concurso – Criado em 2013, o Concurso Estadual sobre Prevenção à Violência contra a Mulher foi lançado como uma das ações do Governo do Amazonas para fomentar o combate à violência contra a mulher de forma abrangente, inclusive no interior do Amazonas. O concurso tem como foco estudantes da rede pública dos ensinos Fundamental, Médio e de Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Em comemoração aos 13 anos da implantação da Lei Maria da Penha, o tema deste ano é “O papel da Mulher no século XXI: Expressões de Discriminação e Violência” e tem o objetivo de dar visibilidade às mudanças de paradigmas e perspectivas sobre as funções que as mulheres podem desempenhar em diversos espaços. Os trabalhos foram avaliados pela originalidade, criatividade e correspondência ao tema e objetivos do concurso.

FOTO: Arthur Castro/Sejusc