Quinta edição do evento tem palestras, oficinas e debates relacionados aos desafios de envelhecer no século XXI

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e da Secretaria de Estado de Administração (Seas), realiza nos dias 22 e 23 de agosto a 5ª Conferência Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa do Amazonas, no Parque Municipal do Idoso, localizado no bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul de Manaus. O encontro tem coordenação do Centro Estadual do Idoso (CEI/AM) e apoio da Fundação de Amparo ao Idoso Dr. Thomas (FDT) e Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade (Funati).

Neste ano, o evento tem como tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”. Na programação, especialistas vão discutir políticas de segurança pública, educação, saúde e esporte/lazer.

No primeiro dia, o encontro ocorre das 13h às 17h. O segundo dia de programação tem início às 7h, e segue até as 18h.

A titular da Sejusc, Caroline Braz, participará de uma mesa-redonda no dia 23. No evento, ela discutirá os direitos fundamentais na construção ou efetivação de políticas públicas.

“Encontros como esse são fundamentais para trocar conhecimentos e ideias com especialistas e, claro, com os idosos, que são os mais interessados. A terceira idade merece atenção do poder público em todos os segmentos”, disse.

A conferência estadual é proposta pelo Conselho Nacional do Idoso (CNI). Ao fim do evento, serão escolhidos sete delegados indicados em etapas municipais do evento para participar do encontro nacional, previsto para ocorrer em 2020.

“Chamamos os conselhos municipais da pessoa idosa, sociedade civil e principalmente os idosos, para que eles possam estar na conferência e ver como são implementadas as políticas públicas para a terceira idade”, explicou a presidente do CEI/AM, Kennya Mota Brito.

Veja a programação:

Dia 22 de agosto

13h – Credenciamento

14h – Leitura e aprovação do regimento

14h40 – Lanche

15h – Solenidade de Abertura

16h – Conferência Magna – “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Públicas”, com Rodrigo Caetano Arantes (doutor em Demografia pela UFMG e especialista em Gerontologia pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia)

Dia 23 de agosto

7h30 – Credenciamento/lanche

8h10 – Mesa-redonda – “Direitos Fundamentais na Construção/Efetivação das Políticas Públicas”. Palestrantes: Caroline Braz (secretária de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania); e Simone Eneida Baçal de Oliveira (doutora em Serviço Social pela PUC/SP, mestra pela UFPB, docente na Ufam, lotada no Departamento de Serviço Social).

9h10 – Debate

9h25 – Dinâmica (“Movimente-se”), com o educador físico/gerontólogo Raimundo Araújo

9h30 – Mesa-redonda – “Educação – Assegurando direitos e emancipação humana”, com Euler Ribeiro (reitor da Fundação Universidade Aberta da Terceira Idade); e Jéssica Marinho Martins Sakuta (mestra em Serviço Social e Sustentabilidade na Amazônia pela PPGSS-UFAM, assistente social da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino – Seduc-AM, colaboradora e integrante da Rede de Atenção ao Idoso).

10h10 – Debate

10h25 – Mesa-redonda: “Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa”, com representantes da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) e Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), e o major Guilherme Sette (oficial da Polícia Militar do Amazonas e idealizador de projetos e ações voltadas à Pessoa Idosa na Segurança Pública).

11h25 – Debate

12h – Intervalo para almoço

14h – Painel: “Os Conselhos de Direitos – Seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das Políticas Públicas”, com Kennya Mota Brito (assistente social, mestra em Gerontologia e presidente do CEI/AM).

14h30 – Debate

14h45 – Oficinas

16h – Plenária

17h – Escola de Delegados

18h – Encerramento

FOTO: Divulgação/Sejusc