Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

-publicidade-

Conselho Consultivo da Fuam aprova contas e balanço orçamentário da instituição

O Conselho Consultivo da Fundação Alfredo da Matta (Fuam) aprovou, por unanimidade, o Balanço Anual e Prestação de Contas institucional, referente ao exercício 2020. A reunião foi realizada na última sexta-feira (26), no Miniauditório da Fuam, respeitando-se o distanciamento social entre os membros.

Participaram da reunião o conselheiro presidente Ronaldo Amazonas – diretor-presidente da Fuam – e os membros natos, todos do quadro da instituição: Heraldo Melo (diretor administrativo-financeiro), Valderiza Pedrosa (diretora de ensino e pesquisa), Lucilene Sales (diretora técnica), Sirley Oliveira (chefe do departamento de administração), Maria Leide Barbosa (chefe do departamento de planejamento, orçamento e finanças), Glaudomira Ferreira (chefe do departamento de assistência ambulatorial e de diagnóstico ) e Lúcio Pimentel (coordenador do Comitê de Ética e Pesquisa da Fuam).

O relatório das contas e balanço orçamentário-financeiro e patrimonial foi apresentado pelo contador e gestor da Fuam, Rogério de Camargos, seguida da análise e aprovação pelos membros.

O documento, aprovado pelo Conselho Consultivo, será enviado ao Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM) para análise.

Atendimentos mantidos – Com a análise e aprovação pelos membros do relatório, um destaque à parte foi citado pela chefe do departamento de planejamento, orçamento e finanças da Fuam, Maria Leide Barbosa.

Segundo a gestora, embora o ano de 2020 tenha sido marcado por adversidades causadas pela pandemia de Covid-19, a Fuam manteve um número positivo de atendimentos e procedimentos diversos.

“Mesmo em um ano de pandemia, destaco nossas metas que foram bastante positivas, com 235.348 atendimentos no ano de 2020, dentre estes, 33.183 consultas médicas e 108.246 serviços laboratoriais”, destaca Leide. Em média, a Fuam realizou mensalmente 19.612 atendimentos.

“Outro ponto positivo foram os resultados de nossas ações na área de ensino e pesquisa, área bastante atingida pelas restrições impostas pela pandemia, mas que ainda assim conseguimos manter plenamente ativas, resultando em números acima das nossas metas, como por exemplo, os treinamentos e atividades de educação permanente, formação, pesquisa e desenvolvimento em saúde, com cerca de 180 atividades realizadas”, finaliza.

FOTO: Divulgação/Fuam

-publicidade-