Mediante investimento de R$ 60 mil, os moradores do Coroado 2 foram contemplados com a primeira academia de ginástica ao ar livre doada pelo Laboratório Sabin, por meio do Instituto Sabin, em parceria com a Prefeitura de Manaus e a Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel). A inauguração aconteceu na noite desta última segunda-feira, 23, na Mini Vila Olímpica. Para o início de 2016, o Instituto já alinha com o poder público municipal a entrega de um segundo espaço na Ponta Negra.
De acordo com o gestor regional do Laboratório Sabin em Manaus, Régis Torres, a previsão é que, no próximo ano, várias outras academias sejam instaladas na cidade, dependendo da disponibilidade de localização e dos equipamentos.

Com 31 anos de atuação, o Laboratório mantém, entre seus valores, além da qualidade técnica e do atendimento humanizado, a sustentabilidade. Pensando nisso, criou, há 10 anos, o Instituto Sabin, responsável pela execução de ações de responsabilidade social.

O gestor ressaltou que o Grupo Sabin preza pela qualidade de vida da população em todas as comunidades onde está inserido, por isso, investe na implantação das academias, para contribuir com a promoção da saúde e o bem-estar.

O espaço na Mini Vila Olímpica está equipado com 10 aparelhos, entre eles alongador e simulador de caminhada, remo e cavalgada. “Aqui, em Manaus, o projeto foi possível graças a abertura da Prefeitura, por meio da Semjel”, destacou Régis.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, salientou o valor simbólico da obra, principalmente por saber que alguém se interessou pela cidade de maneira espontânea. De acordo com ele, muitas vezes as empresas que se propõem em fazer determinados empreendimentos acabam solicitando algo em troca. “E aqui não há compensação nenhuma. É a vontade pura e simples do Instituto em participar”, pontuou.

Segundo o titular do órgão municipal, uma das preocupações da Prefeitura é que as obras sejam duradouras, por isso, o acordo com o Sabin prevê dois anos de manutenção. Para deixar os equipamentos bem calibrados e ajustados, na tentativa de evitar possíveis lesões, o Instituto fará a manutenção mensalmente.

O secretário Municipal de Juventude, Esporte e Lazer, Sildomar Abtibol, agradeceu a parceria do Instituto Sabin com a Prefeitura, destacando as outras oportunidades de lazer que serão propiciadas a partir desta iniciativa. “Daqui a pouco estaremos na Ponta Negra”, ressaltou.

A inauguração estava prevista para o dia 19, mas foi adiada devido a chuva. Durante a cerimônia desta última segunda-feira, também estiveram presentes os secretários Municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar; e de Juventude, Rodrigo Guedes; o coordenador da Unidade Gestora Municipal de Abastecimento de Energia, Raphael Assayag; o diretor da Faculdade de Estudos Sociais (FES) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sylvio Puga; e diversas outras autoridades locais.