O corpo da dona de casa Carla Regina Santoro Carrilho, de 54 anos, desaparecida desde a manhã do dia 24 de janeiro, foi encontrado boiando, por volta das 18h30, em um rio no Distrito do Cacau Pirêra, na Região Metropolitana de Manaus. De acordo com a filha dela, Larissa Fonseca, no dia em que desapareceu, a vítima saiu por volta das 10h, da casa onde mora, na rua Professora Lea Alencar, bairro Alvorada, zona centro-oeste da capital, sem informar para onde iria.

Segundo o Pelotão Fluvial do Corpo de Bombeiros, o cadáver não apresentava ferimentos e estava em avançado estado de decomposição.

Os familiares estiveram no local e reconheceu o corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para analisar a causa da morte.