Take a fresh look at your lifestyle.

Covid-19 mata ex-procurador-geral de Justiça, Francisco Cruz

-publicidade-

Morreu na madrugada desta segunda-feira (15), o ex-procurador-geral de Justiça do Amazonas, Francisco Cruz. Ele tinha 68 anos e lutava há mais de um mês contra a doença causada pelo novo coronavírus, no hospital Santa Júlia, em Manaus.

Nascido em Humaitá (AM), Francisco Cruz, conhecido como “Chicão” no meio jurídico, iniciou sua trajetória no Ministério Público do Amazonas (MPAM) em 1985, tendo atuado nas comarcas de São Gabriel da Cachoeira, Santa Izabel do Rio Negro, Humaitá e Parintins. Já em Manaus, foi eleito ao cargo de procurador-geral em outubro de 2010, ficando no cargo por duas gestões. Em 1º de agosto de 2019, por aposentadoria voluntária, deixou o órgão e um legado de 34 anos de MPAM, passando a se dedicar à advocacia.

Francisco Cruz deixa esposa, dois filhos, familiares e amigos enlutados.

-publicidade-