Amazonas Notícias

CPI da Amazonas Energia ouve denúncias e orienta moradores do bairro Japiim durante Reunião Itinerante

Nesta  terça-feira (15), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga a concessionária Amazonas Energia, realizou a 24ª reunião de forma itinerante, na Escola Estadual Prof. Ondina de Paula, no bairro Japiim, zona Sul de Manaus.

Na ocasião, os deputados e os representantes dos órgãos fiscalizadores ouviram as denúncias feitas pela população contra a empresa Amazonas Energia, colheram depoimentos e orientaram cidadãos sobre a melhor forma de resolver os  problemas.

Durante a reunião, os parlamentares aprovaram requerimentos solicitando a quantidade de medidores vistoriados e os laudos dos medidores reprovados nas análises feitas pelo Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas (Ipem-AM), além de aprovarem o encaminhamento dos mesmos laudos à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

A CPI também aprovou o requerimento de um pedido à concessionária de energia elétrica para saber o total de medidores instalados em Manaus, incluindo   o novo sistema de medição centralizada.

O presidente da CPI, deputado Sinésio Campos (PT), questionou o presidente do Ipem-AM, Márcio André, sobre o laudo do medidor de energia elétrica da sua casa.

O diretor-presidente do Ipem, Márcio André, entregou ao presidente da CPI,  o laudo comprovando que não foi encontrada irregularidade no consumo, após análise do medidor de sua casa. “Esperamos que todos, assim como o deputado Sinésio, solicitem do Ipem um laudo oficial para sua defesa”, disse.

O diretor-presidente do Instituto de Defesa do Consumidor do Amazonas (Procon-AM), Jalil Fraxe, parabenizou o Ipem e destacou o papel educacional que a CPI está realizando. “O Procon-AM está realizando um trabalho de orientação, ao lado da CPI, para a população conseguir fazer os registros para que possamos  solucionar os problemas. Vemos muitas demandas sobre energia elétrica,  nas redes sociais, mas poucas são formalizadas nos órgãos. Estamos com  equipe técnica para atender a população e dar apoio à CPI com subsídio de informações às ações”, enfatizou.

Demanda da população

O morador do Japiim, Marcelo Maia, agradeceu à iniciativa dos deputados de cobrar melhorias nos serviços da Amazonas Energia. “Vim com a indignação de um pai de família que teve a energia cortada, numa sexta-feira, e só conseguiu ter energia elétrica de volta após oito dias. Foi um desespero de passar oito dias sem ter energia. Depois, consegui na justiça ganhar causa contra a empresa. Mas, fico pensando nas pessoas que não  conhecem seus direitos”, questionou.

Outro relato ouvido pelos parlamentares foi do senhor João Anselmo Freire, liderança do movimento contra a Amazonas Energia. Ele explicou que existe uma lei garantindo que serviços que  mexam nos medidores tem que ser comunicados ao consumidor. No Amazonas,  isso engloba, tanto a concessionária de água quanto de energia elétrica.  Para ele, a CPI é o lugar que a população tem para fazer as  reclamações.

A próxima Reunião Itinerante da CPI da Amazonas Energia será realizada na Câmara Municipal de Barcelos (distante 399 km de Manaus), no dia 18, às 9h, e depois no dia 21,  em Manaus, no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Parque 10.

Relacioandos