O delegado-geral e o delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Amazonas, Frederico Mendes e Ivo Martins, respectivamente, reuniram-se na tarde desta quinta-feira (20/9), com os diretores do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM), delegado Alessandro Albino, e Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Henrique Brasil, diretor do Departamento de Atividades Policiais (DAP), Fabiano Azevedo, e com os seis titulares das delegacias seccionais. A reunião marcou a retomada dos trabalhos nas unidades e adequação para as novas diretrizes dessa gestão.

“É humanamente impossível você comandar um departamento que fiscaliza 48 Distritos Policiais (DIPs) na capital, por isso a necessidade de descentralizar esse comando. A retomada das delegacias seccionais operacionaliza a atividade-fim que é fazer polícia, atender o cidadão. Vamos nos antecipar sempre, visitando os plantões, supervisionando as estruturas físicas, o quadro de pessoal, sempre apresentando a solução para o cidadão que procurar a delegacia”, afirmou Frederico Mendes.

Entre as determinações apontadas pelo delegado-geral está ainda a realização de operações policiais semanais, em todas as zonas da cidade, sob coordenação dos seccionais e titulares dos DIPs.

Distribuição geográfica – As áreas de atuação serão distribuídas da seguinte forma: 1º Seccional Sul será comandada pelo delegado Divanilson Cavalcanti e abrange os seguintes DIPs: 1º, 2º, 3º, 7º e 24º. Já na 2º Seccional Norte, o delegado Rodrigo Barreto coordenará os trabalhos nos DIPs 6º, 13º, 15º, 18º, 26º e 27º. O delegado Edney Marques comanda a 3º Seccional Leste, atuando nas áreas do 4º, 9º, 11º, 14º, 25º, 28º, 29º e 30º DIPs. A delegada Rita de Cássia Tenório atuará na 4º Seccional Oeste, que tem como abrangência as unidades do 5º, 8º, 19º, 20º e 21º DIPs. Na 5º Seccional Sul, o delegado Rafael Allemand comandará os trabalhados no 12º, 16º, 22º e 23º DIPs. O delegado Tarso Yuri coordenará os trabalhos na 6º Seccional, que corresponde ao 10º e 17º DIPs.

Centrais de Flagrante – Além da abertura das seccionais, o delegado-geral adjunto, Ivo Martins, sinalizou que as zonas norte e leste passarão a contar com mais quatro delegacias 24 horas, as chamadas Centrais de Flagrante. “Precisamos nos atrelar à perspectiva do Programa GuardiAM 24 horas. Dentro da proposta do programa, a previsão é que mais quatro DIPs passem a funcionar como Central de Flagrante, totalizando assim 15 DIPs, e outros 15 funcionando para fins de atendimento à população. Para isso, vamos reunir esforços, remanejar pessoal, reorganizar o sistema de forma conjunta para implementar essa nova diretriz governamental voltada para a segurança pública”, pontuou.

FOTO: ERLON RODRIGUES/ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PC-AM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here