Evento será realizado nesta quinta-feira (10), das 14h às 17h, na Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA)

Um grupo de artistas independentes e professores e egressos do curso de Dança da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) se reuniram em uma ação social para ajudar as vítimas do bairro Educandos. A Dança Solidária EDU-Candos acontece nesta quinta-feira (10/01), das 14h às 17h, na Escola Superior de Artes e Turismo da Universidade do Estado do Amazonas (Esat/UEA), localizada na avenida Leonardo Malcher, nº 1.728, Praça 14 de Janeiro, zona sul de Manaus.

O evento pretende arrecadar fraldas descartáveis e medicamentos. A proposta é oferecer, durante três horas, aulas de dança em formato de rodízio com os estilos: dança de salão, Kizomba, danças urbanas, jazz, teatro musical e balé clássico.

De acordo com o maestro de dança Marcos Veniciu, o evento surgiu a partir da sua inquietação como artista em aliar a dança à solidariedade. “A Esat já é um ponto de arrecadação, mas fiquei inquieto, e eu, como artista, pensei que deveríamos unir um evento artístico a uma causa social para ajudar as pessoas”, explicou.

As aulas serão ministradas pelos professores Paulo Jr., responsável pelo gênero da Kizomba; Talita Menezes, danças urbanas; Marcus Vinicius, dança de salão; Hanna Vilaça, jazz; e maestro Marcos Veniciu, balé clássico e teatro musical.

Veniciu explica que o evento será um rodízio aberto a toda a comunidade. “Não precisa ser profissional. Além disso, será uma aula bem diferenciada porque os professores irão passar por três salas disponíveis para o evento. É uma oportunidade para todas as pessoas que não tenham medo de dançar e se movimentar”, explicou.

FOTO: JOELMA SANMELO/UEA E DIVULGAÇÃO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here