Take a fresh look at your lifestyle.

-publicidade-

David Almeida cobra repasse maior de vacinas contra Covid-19 do Governo do Amazonas

Próximo de alcançar a marca de 400 mil pessoas já imunizadas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19, o prefeito de Manaus, David Almeida, busca acelerar o ritmo de vacinação e anunciou, durante coletiva realizada neste domingo, 30/5, no Centro, que irá solicitar junto ao Governo do Amazonas que a capital do Estado seja contemplada com uma parte maior de doses nas próximas remessas enviadas pelo Ministério da Saúde (MS).

David Almeida explicou que, do total de vacinas repassadas para Manaus, 84% já foram aplicadas na população, sobrando pouco mais de 100 mil doses que serão destinadas para a segunda vacinação dos membros dos grupos prioritários. Em comparação, o prefeito salientou que apenas 42% das doses do Estado foram utilizadas, tendo mais de 730 mil guardadas.

“De todas as doses que o interior recebeu, só conseguiu vacinar 42%. Daí, você vê, em nível nacional, a queda do Amazonas. O interior não consegue vacinar em função da logística. No interior, hoje tem mais de 732 mil doses que ainda não foram aplicadas. Fiz um apelo que, nas próximas remessas de vacina, a maioria fique na cidade de Manaus. Assim, vamos conseguir vacinar as pessoas. Já vacinamos de 18 anos a 59 anos, todas as comorbidades. Estamos vacinando o pessoal que trabalha nos aeroportos. Vamos vacinar os motoristas de ônibus, os nossos agentes de limpeza, os garis e vamos passar, muito provavelmente, já na próxima semana, o calendário com as novas faixas etárias contempladas”, enfatizou Almeida.

O chefe do Executivo municipal ressaltou a importância de avançar na campanha de imunização contra o novo coronavírus, visto que alguns especialistas apontam para o surgimento de novas variantes e uma possível terceira onda de casos.

“Acredito que, com o avançar da vacinação, com a imunização de todas as classes de risco, as pessoas de 60 anos, todas as comorbidades, não venhamos a ter uma terceira onda, porém, caso venha acontecer, nós estamos preparados. Só vamos ter uma condição de não ter a terceira onda com o avançar da vacina. Manaus está em alerta. Eu quero trabalhar com a possibilidade de não haver, mas, caso ela aconteça, nós estamos preparados para dar o suporte necessário”, assegurou o prefeito.

Projeto

Questionado sobre projetos futuros, o prefeito David Almeida antecipou que no próximo dia 17 irá apresentar um plano de desenvolvimento de Manaus que contemplará o setor econômico, reforma de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), construções de viadutos e passagens de níveis, e a nova etapa do projeto de pavimentação das áreas afetadas pelas chuvas.

Texto – Thiago Fernando / Semcom

Foto – Ruan Souza / Arquivo Semcom

-publicidade-