Sul América E.C./Guerreirinhos e Tuna Luso também levaram os títulos nas categorias Sub-15 e Sub-20, respectivamente

Com duelos de tirar o fôlego, a Arena Poliesportiva do Amazonas (Amadeu Teixeira), localizada no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, recebeu neste domingo (11/11), as finais Estaduais de Futsal Masculino das categorias Sub-13, Sub-15 e Sub-20. O evento, que contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), é organizado pela Federação Amazonense de Futsal (Fafs), e envolveu, ao longo das competições, cerca de 700 atletas nas três categorias.

Na primeira final da tarde, o tricampeão Batista Canaã enfrentou o Abrantes/Efa em um jogo bastante disputado. Fazendo jus aos três títulos, o Canaã comandou o primeiro tempo da partida, abrindo vantagem de três gols sobre o adversário. No segundo tempo, o Abrantes correu atrás do prejuízo e, quase ao fim do segundo período, conseguiu empatar no placar, reacendendo a esperança de conquistar a vitória. O jogo foi para a prorrogação e o Abrantes não contou conversa e garantiu mais quatro gols em cima do Canaã, fechando o placar em 7 a 3 e, de virada, garantindo o título da competição na categoria Sub-13.

Para o vice-presidente da Fafs, Marcelo Galvão, as disputas foram muito acirradas e os atletas mostraram um show de habilidades a cada partida. “A base é o futuro do nosso futsal amazonense, portanto, nada mais justo do que valorizar esses atletas em formação. Nesta competição, muitos bons jogadores foram revelados, como o Paulinho, do Sub-15, o “Muralha”, goleiro do Santos e, principalmente, o Ruan Melo, que é um jogador diferenciado e mostrou isso fazendo dois gols na partida em que sua equipe disputou a final, garantindo ainda a artilharia do campeonato, com nove gols. Exemplos como estes comprovam que investir na base é garantir o crescimento do nosso esporte, e assim faremos”, afirmou.

Para o técnico da equipe campeã na categoria Sub-13, Renato Abrantes, a equipe precisou reverter o placar, mas jogou bem e conseguiu cumprir com o objetivo. “Para esta competição, tivemos uma preparação intensa durante seis meses, duas vezes na semana. Apesar desse treinamento concentrado, os trabalhos com o grupo já são feitos há bastante tempo. Nossa equipe tem bastante dificuldade de entrar “ligada” no jogo, por conta disso, sofremos gols que não deveríamos, mas graças a Deus os meninos se esforçaram, conseguiram se concentrar e correram atrás da vitória. O resultado, um título estadual”, destacou.

Quem também faturou o mais alto lugar do pódio, e pela primeira vez, foi a equipe Sul América E.C./Guerreirinhos, pela categoria Sub-15, em um jogo emocionante, que contou com um placar de 9 a 3 sobre o Lion FC. Já o Tuna Luso levou a melhor sobre o Atlético Bahia Clube (ABC), ganhando a disputa por 6 a 3, e garantindo o primeiro lugar na categoria Sub-20.

Artilharia – Com nove gols na competição, sendo dois na partida final, o ala-pivô Ruan Victor Valente, de 12 anos, conseguiu prêmio dobrado, pois se sagrou campeão em sua categoria e, de quebra, faturou a artilharia da competição. “A vitória de hoje representa treinamento. Viemos batendo na trave desde o Sub-9, mas esse ano, nos esforçamos e fomos campeões. Estou muito feliz com o resultado e por ter ajudade minha equipe”, disse.

Sub-9 e Sub-11 – As crianças também deram show na manhã deste domingo (11/11), com o pontapé inicial na disputa Estadual das categorias Sub-9, que conta com oito times na competição, e Sub-11, com 11 equipes. Os vencedores do Torneio Início foram Barcelona (Sub-9) e São José (Sub-11).

FOTOS: MAURO NETO/SEJEL

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here