Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais e Instituto de Identificação criam posto de emissão de RG para menores

A Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai) e o Instituto de Identificação do Amazonas criaram um posto exclusivo para a emissão de Registro Geral para menores apreendidos por atos infracionais e que não possuírem o documento.

Em funcionamento desde o início do mês passado nas dependências da Delegacia, o posto é parte importante no trabalho de ressocialização dos menores infratores, segundo o titular da Especializada, delegado Paulo Benelli.

“Esse posto de identificação vai nos ajudar a acompanhar os menores com problemas com a lei, pois muitos dos que são apreendidos não possuem o RG. Tendo a identificação, estes adolescentes têm garantida a cidadania e podem se reintegrar a sociedade mais facilmente”, explicou.

Ainda de acordo com o delegado, a demanda por um posto de identificação na sede da Deaai era antiga, especialmente para o acompanhamento dos adolescentes infratores.

O posto atende somente os menores apreendidos e faz a emissão da primeira via, que é entregue no prazo de até dez dias, e de segunda via, que é entregue no prazo de até 30 dias. A Deaai funciona na Rua Desembargador João Machado, bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

Para o diretor do Instituto de Identificação, Jorge Saraiva, a parceria é muito importante para auxiliar no trabalho da Especializada. “Nós entendemos que este posto dentro da Delegacia vai ajudar na identificação dos menores e no monitoramento deles futuramente, uma vez os adolescentes muitas vezes não possuem o documento”, afirmou.