Take a fresh look at your lifestyle.

Delegadas são homenageadas durante a 4ª Semana da Mulher

-publicidade-

O delegado geral em exercício da Polícia Civil do Amazonas, Izair Soares, prestigiou na manhã desta quinta-feira, dia 10, a quarta edição da Semana da Mulher, realizada no prédio da Delegacia Especializada em Crimes contra a Mulher (DECCM), na zona Centro-Sul da cidade. Tendo como tema: ‘O silêncio é seu maior inimigo: Denuncie!’, o evento, iniciado na última segunda-feira, dia 7, segue até amanhã, dia 11. No local estão sendo oferecidos à população, gratuitamente, serviços distintos, como exames médicos e assistência jurídica.

Organizada pelos policiais civis que atuam na DECCM, a Semana da Mulher, que este ano chega a sua quarta edição, contou com o apoio de parceiros, como o Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJ-AM), Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM), Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Centro Universitário do Norte (Uninorte) e Escola Superior Batista do Amazonas (Esbam), que encaminharam seus respectivos representantes.

Além disso, policiais civis lotados em diferentes delegacias da capital fizeram questão de participar das homenagens em torno do Dia Internacional da Mulher, comemorado na última terça-feira, dia 8 de março. Na ocasião, as delegadas titulares da DECCM e DECCM/Anexo, Andrea Nascimento Pereira e Débora Mafra, respectivamente, além de Catarina Torres, que responde atualmente pela Delegacia Especializada em Ordem Política e Social (Deops), mas que já esteve à frente da DECCM por mais de uma década, foram homenageadas no local.

De acordo com Izair Soares, o evento foi muito importante para as mulheres manauaras. “É motivo de muito orgulho participar deste evento e a Polícia Civil reconhece a importância deste encontro em um momento em que a mulher clama por igualdade. Parabenizamos todas as mulheres, em especial as servidoras que trabalham na Segurança Pública”, argumentou o delegado geral em exercício.

Titular da DECCM, Andrea Pereira, disse que o principal foco é atender mulheres vítimas de violência, para que elas possam ter acompanhamento médico e jurídico, além de serem auxiliadas nos quesitos legais, previstos nas leis que as protegem.

“As mulheres vítimas de violência recebem aqui na delegacia o auxílio necessário, porém isso não é suficiente em meio a tantos problemas consequentes. Elas precisam de acompanhamento psicossocial, necessitam resolver questões jurídicas pendentes e, sobretudo, terem o direito à cidadania respeitados”, declarou.

Durante pronunciamento, Catarina Torres ressaltou que é gratificante perceber a evolução da mulher em casos de violência física. “Antigamente as mulheres achavam que era um direito do homem agredi-las, mas hoje percebo que elas, para resguardar a própria integridade, passaram a denunciar os agressores”, enfatizou.

Para Débora Mafra, a quarta edição da Semana da Mulher destacou a importância dessas ações da especializada. “A mulher que sofre violência muitas vezes tem filhos do agressor, por isso ela precisa resolver problemas de guarda, pensão alimentícia, de acordo com a lei. O ‘Outubro Rosa’ será realizado na sede da DECCM/Anexo e terá os mesmos moldes do evento de hoje”, disse.

Serviços como aferição de pressão, teste rápido de glicemia, exames preventivos, ultrassonografia, mamografia e aplicação de vacinas serão disponibilizados até as 16h de amanhã, dia 11, no lugar. Os atendimentos jurídicos, que estão sendo feitos no ônibus da Justiça Itinerante, serão oferecidos até o fim deste mês, no pátio da especializada.

-publicidade-